Aqui no Blog só tem puppy mills!!!

YouTube Preview Image

Todos os canis aqui ranqueados, sem exceção, se enquadram no que a blogueira Hana Khalil, chama de puppy mills. Por isso, pense muito bem antes de comprar um filhote dos COMERCIANTES aqui citados, pois nenhum deles se importa com a saúde dos annimais por eles produzidos.

0 Comments

Cadela do canil Bicame Lab sob suspeita de conquistar título de forma irregular.

Capturar

Quase todo mundo sabe que título de exposição brasileira não vale nada ou vale muito pouco. Isso porque são julgados por uma panela que beneficia os amigos. Os títulos da cadela Mary Jane of Buddy Hunter, do canil Bicame Lab, de propriedade de Leandro Costa Ramos é o grande exemplo disso.

 A cadela é afetada por PRA, ou seja, é doente e ficará cega por causa da doença genética. Cães com essa doença são frutos de cruzamento irresponsáveis e não podem ser cruzados, como fez o Sr. Leandro, ao procriar a referida cadela doente.

As regras internacionais de criação do FCI (Federation Cynologique Internationale) considera a doença PRA, FALTA ELIMINATÓRIA. Portanto, em um país sério a cadela Mary Jane of Buddy Hunter jamais teria títulos.

Será que os organizadores não sabem dessa informação ou a doença foi omitida intencionalmente pelo proprietário do animal?

E mais, será que o CBKC e CBL manterão os títulos conquistados nessas condições? Essas atitudes colocam em cheque a credibilidade das instituições.

Vejamos o que diz a Federation Cynalogique Internationale – FCI, da qual a Confederação Brasileira de Cinofilia – CBKC é signatária, em seu regulamento internacional de criação:

FEDERATION CYNOLOGIQUE INTERNATIONALE (AISBL)

INTERNATIONAL BREEDING RULES OF THE F.C.I.:

Fonte: https://www.fci.be

PREAMBULE

1. The International Breeding Regulations of the Fédération Cynoligique Internationale (FCI) are binding on all member conuntries and contract partners.

Dogs with eliminating faults as e.g.unsound temperament, congenital deafness or blindness, hare-lip, cleft palate, substantial dental defectes or jaw anomalies, PRA, epilepsy, cryptorchidism, monorchidism, albiism, improper coat colour or diagnosed severe hip dysplasia MAY NOT BE BRED.

 Tradução:

PREÂMBULO

1. O Regulamento Internacional de Criação da Federação Internacional de Cinofilia (FCI) vincula todos os países membros e parceiros contratuais.

Cães com faltas eliminatórias, como por exemplo: temperamento doentio, surdez congênita ou cegueira, lebre labial, fenda palatina, defeitos dentários substanciais ou anomalias da mandíbula, PRA, epilepsia, criptorquidia, monorquidia, albinismo, cores de pelo indesejadas, diagnóstico de displasia coxofemural grave, NÃO DEVEM SER REPRODUZIDOS (PROIBIÇÃO).

0 Comments

Canil Quebec Retriever (GO) sofre nova derrota na Justiça de Goiás!

Bruno antunes vexame-1  Bruno antunes vexame-2

O Sr. Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO), passa novamente por vexame público e sofre nova derrota na Justiça. O Blog já contabiliza 3 derrotas seguidas deste canil.

O processo que moveu contra criadora de Minas Gerais que tornou publico a venda da cadela Shiva, totalmente cega, foi EXTINTO. Assim a tentativa de ganhar R$ 15.000,00, com a ajuda dos donos do canil Bicame Lab (MG) e Caiaari (SP) foi por água abaixo.

0 Comments

Site do Cachorro é o condenado na Justiça por vender filhote com Parvovirose.

A Justiça de São Paulo condenou o Site do Cachorro, de propriedade de Renata Sicco Giannoccaro, ao pagamento de indenização no valor de R$ 4.294,28, pela venda de uma cadela da raça Labrador, de 2 meses, que veio a óbto por parvovirose.

Sentenças (pag 117 - 120)-1   Sentenças (pag 117 - 120)-2   Sentenças (pag 117 - 120)-3

A origem do filhote é o Canil MR, cujo dono é Marcos Roberto da Silva. A cadela foi entregue a proprietária com carteira de vacinação sem o rótulo da vacina e sem carimbo e assinatura do veterinário!!!

Vacina 1

vacina 2

A compradora assinou um contrato onde constava no cabeçalho o nome do Canil MR, mas sem nenhuma outra invormação do vendedor. Tal atitude do criador não deixa a mínima dúvida que age premeditadamente de má-fé.

contrato

Abaixo seguem os exames e o prontuário médico da cadela, de apenas 2 meses, que veio a óbito por parvovirose. Mais uma vítima de um criador inescrupuloso.

Documento 6 (pag 20 - 21)-1   Documento 6 (pag 20 - 21)-2

Documento 6 (pag 22 - 23)-1   Documento 6 (pag 22 - 23)-2

Documento 6 (pag 24 - 25)-1   Documento 6 (pag 24 - 25)-2

Documento 6 (pag 26 - 27)-1   Documento 6 (pag 26 - 27)-2

Documento 6 (pag 28 - 29)-1   Documento 6 (pag 28 - 29)-2

Documento 6 (pag 30 - 31)-1   Documento 6 (pag 30 - 31)-2

Documento 6 (pag 32 - 33)-1   Documento 6 (pag 32 - 33)-2

Documento 6 (pag 34 - 35)-1   Documento 6 (pag 34 - 35)-2

Documento 6 (pag 36 - 37)-1   Documento 6 (pag 36 - 37)-2

0 Comments

Manifestação de criador, pós caso da omissão do nome do canil de origem de cadela campeã, revela justamente o que o Blog combate!

Picture 52

O Blog combate criadores desonestos, mentirosos, que só se interessam pela beleza dos cães e seus resultados em pista, colocando saúde em segundo plano! A manifestação acima só reforça a existência desse tipo criador, que a todo custo o grupo de criadores tenta manter em sigilo. A indireta aqui é para o Sr. Leandro Costa Ramos, do canil Bicame Lab, que cruzou a cadela Mary Jane of Buddy Hunter, doente/afetada por atrofia progressiva da retina – PRA, que causa cegueira do animal.

0 Comments

Triunvirato de 2ª classe: Quebec Retriever (GO), Bicame Lab (MG) e Caaiari (SP) se unem para defender o indenfensável.

triunvirato

Nunca a frase “Diga-me com quem andas, que te direi quem és” fez tanto sentido na criação de Labradores no Brasil.

O canil Quebec Retriever (GO) tem o seguinte histórico:

- cruzou cadela cega (PRA);

- vendeu a cadela cega (PRA) com obrigação de reproduzi-la;

- gerou filhotes doentes por PRA e EIC;

- utiliza padreador com grau D de displasia – Brutus (proibido pelo CBKC e CBL);

- suspeito de falsificar exames de saúde;

- elaborou contrato que pode configurar estelionato;

- suspeito de “esquentar” pedigrees;

- vendeu antecipadamente filhote e na entrega cobrou o dobro;

- ingressou com ações criminal e cível contra criadora que prejudicou;

- prestou informações falsas sobre prazo de entrega de pedigree;

- deu causa a denunciação caluniosa;

- vendeu animais sem garantia (ilegal);

- não tomou atitudes sobre caso suspeito de epilepsia;

Os canis de segunda classe, sem tradição, notoriedade ou reputação, Bicame Lab (Leandro Costa Ramos) e Caaiari (Maria Aparecida Nogare) se uniram ao Quebec Retriever (Bruno Antunes Silva) para defender essas condutas nefastas para a criação nacional.

A grande pergunta que se faz é: O que levou esses criadores a se disporem a testemunhar sobre uma relação negocial particular de venda de cães, com fatos que não presenciaram, em juízo?

A resposta é dinheiro!!! Garantir uma graninha (expressão muito utilizada por Bruno Antunes).

O canil Quebec Retriever busca ganhar dinheiro fácil (R$ 15.000,00) fomentando a indústria do dano moral no judiciário. Já o Bicame Lab e o Caaiari tem negócios com o canil Quebec, referente à venda de cães e desejam “manter o cliente fiel”, custe o que custar, passando por cima de atitudes éticas e morais. Êêêêêêêêêêêêêê Brasilsãããããoooo!!!! Tamo fudido!!!

0 Comments

Quebec Retriever (GO): morte precoce de cadela gera suspeita.

liza

A cadela Liza to Quebec Retriever Beard Blue, do canil Quebec Retriever (GO), de propriedade de Bruno Antunes Silva, morreu precocemente com apenas 2 anos idade.

Geralmente quando criadores querem ocultar a causa mortis de animais do seu plantel dizem que a morte se deu por envenanamento.

Ocorre que foi relatado um caso suspeito de epilepsia em um macho filho da matriz. Sendo a epilepsia uma doença de origem genética, e que os primeiros sinais da doença acontecem por volta de 2 anos, o cadela Liza pode ter morrido devido a um ataque epiletico fatal.

Além de omitir esses casos, o canil mantém em seu programa de reprodução o padreador Quebec Retriever Liza B. Volvo, filho da cadela morta precocemente.

volvo

Um canil responsável retiraria imediatamente este padreador do quadro de reprodutores, a fim de evitar a possibilidade de disseminação desta grave doença.

0 Comments

Quebec Retriever (GO): sobre principados e potestades.

Conforme o email do post anterior, o Sr. Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO), nos acusou de sermos  instrumentos nas mãos de principados e potestades. Em português claro, ele disse que o nosso blog é coisa do demônio!!!!

Diante dessa acusação, formulamos uma série de questões para o Sr. Bruno Antunes Silva nos responder:

1- Foi o Demônio que cochichou no seu ouvido para o cruzar dois cães portadores de EIC (colapso induzido pelo exercício)?

2- Teria sido o Costa Oca que forçou a cruzar uma cadela cega, afetada por PRA (atrofia progressiva da retina)?

3- Por um acaso, foi o Capeta que deu a idéia para VENDER a cadela cega?

4- O Belzebu obrigou a fazer um contrato de venda da cadela cega que pode configurar estelionato e prejudicar uma irmã consumidora?

5- Foi o Cão Tinhoso que sugeriu a cláusula que não dava garantia no contrato de venda da cadela cega?

6- Tá com cara de que foi o Mafarrico que te disse para inserir a mentira de que não se aplicava o Código de Defesa do Consumidor no contrato de venda da cadela cega… foi ele?

7- Será que o Lúcifer falou para mentir sobre o prazo de entrega do Pedigree do KCGO no contrato de compra e venda da cadela cega?

8- Foi o Tição que te orientou a processar criminalmente sem motivo a irmã criadora que vc prejudicou através de um contrato leonino (estelionato) e da venda de uma cadela cega?

9- Teria sido o Cornudo que o aconselhou a cruzar várias vezes um cão com displasia grau D?

10- Foi o Excomungado que publicou os exames suspeitos do seu canil?

11- Não me diga que o Exu que te influencia a mentir tanto?

Acho que é para se pensar bastante quem realmente está servindo a principados e potestades… Quem sabe a solução não é o Sr. Bruno Antunes Silva submeter-se a um exorcismo para livrar-se de uma suposta possessão demoníaca? Quem sabe assim passe ter uma criação responsável e deixe de lesar consumidores.

0 Comments

Pérolas ditas por criadores brasileiros: Summer Storm (SP).

A pérola foi dita em mensagem encaminhada ao blog pela criadora Renanta Boragini Rodrigues, na qual tentava se justificar sobre a produção de cães doentes:

rr

Primeiro é muito importante esclarescer o seguinte:

A CASTRAÇÃO NÃO CURA CÃES AFETADOS POR EIC (COLAPSO INDUZIDO POR EXERCÍCIO), PRA (ATROFIA PROGRESSIVA DA RETINA) OU QUALQUER OUTRA DOENÇA GENÉTICA!!!

Ao contrario do que afirmou Renata Boragini Rodrigues, dona do canil Summer Storm (SP), a castração jamais irá curar EIC (colpaso induzido por exercício)!!! Doenças genéticas não tem cura!!! Esse é o caso do EIC. É uma doença que pode ser evitada selecionando pais que não portem o gene da doença.

Supreende que a criadora que diz ter know how de 25 anos de criação não saiba disso e apresente como solução estapafurdia para a doença castrar os filhotes afetados. Fica a dúvida se é ignorância ou desonestidade.

O colapso induzido pelo exercício (EIC) é uma enfermidade hereditária caracterizada por fraqueza muscular, dificuldade de locomoção e colapso após atividade física intensa que pode levar o animal a morte.

Tome cuidado na hora de comprar um filhote. Muitos criadores falam qualquer asneira para vender filhotes.

0 Comments

Contrato do canil Quebec Retriever (GO) representa indício de que o canil “esquenta” pedigrees de filhotes utilizando cães de outros canis.

clausula esquentar filhoteO requisito para registro de ninhada, exigido pelo CBKC, é que a matriz seja de propiedade do dono canil. Se cadela não for do canil, não poderá registrar filhotes com seu prefixo ou sufixo.

O que fez Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO)? Vendeu 2 cadelas para uma criadora de MG, portanto transferiu a propriedade para tereceiro. Não são mais do canil Quebec Retriever desde a sua assinatura!!! Mas, “espertamente”, o Sr. Bruno, inseriu clausula no contrato de venda dos animais, que determinava o registro de ninhadas futuras de cães vendidos, como sendo de seu canil.

O contrato do canil Quebec Retriever (GO) tentou legalizar registros clandestinos, em total contrariedade com as normas do CBKC.

0 Comments

Video retrata o perfil do criador brasileiro.

YouTube Preview Image

0 Comments

Perdeu! Tentativa do canil Quebec Retriever (GO) calar (censura) este blog foi negada pela Justiça de Goiás!

decisao bruno-1decisao bruno-2

A Justiça de Goiás negou o pedido para o Google não indexar no seu mecanismo de busca o Blog Lista Negra Labradores. Trata-se de uma tentativa desesperada de calar/censurar o Blog que defende o direito dos consumidores e dos animais.

Nenhum criador desonesto terá sucesso em nos calar!!! Continuaremos a expor todas atitudes inescrupulosas praticadas por criadores, com criação e reprodução de animais doentes, práticas comerciais abusivas, atitudes anti-éticas e até crimes!!!

Aviso aos maus intencionados: temos planos alternativos para qualquer panorama.

0 Comments

Quebec Retriever (GO) se contradiz em ação cível e tem frustrada tentativa a benefício a que não tem direito!!!

Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO), processou a criadora Roseane Leandro, alegando que seu canil sofreu abalo econômico, decorrente a publicidade da venda de uma cadela cega!!!

Sucessivamente, o Sr. Bruno Antunes Silva manifesta-se contraditoriamente, ficando evidente que mente a todo momento. Vejamos o que ele disse em mensagem encaminhada ao blog:

“(…) não temos o canil como uma empresa e sim como um hobby, ou seja, ele não é a nossa fonte de renda (…)”

Já na ação cível distribuída no Tribunal de Justiça de Goiás, objetivando ganhar R$ 15.000,00 da criadora, ele já diz exatamente o oposto, afinal agora vale uma “graninha” (expressão usada pelo próprio Bruno). Vejamos:

“A boa reputação do Reclamante fora afetada ao ponto de seus negócios com o canil que possui sofrerem uma drástica redução, tudo por conta de uma afirmação maldosa e inverídica (…)”

Fica claro que o dono do canil Quebec Retriever (GO) age conforme suas conveniências, não tendo pudores em mentir. Como o canil pode ter sofrido uma redução nos “negócios” se é um hobby? Suspeito, não? A triste realidade é que o Sr. Bruno é um mentiroso e já perdeu a noção do que é verdade e do que é mentira. Tudo o que diz não tem credibilidade alguma!!!

As mentiras de Bruno Antunes Silva podem configurar litigância de má-fé, fraude processual e denunciação caluniosa. Vale lembrar que a aventura da jornada deste embuste jurídico conta com o apoio de APENAS dois criadores que se prestaram a esse papel: Leandro Costa Ramos (Canil Bicame – MG) e Maria Aparecida Barbosa da Silva Nogare (Canil Caaiari – SP).

No mesmo processo, o Sr. Bruno Antunes Silva tentou ludibriar o juiz buscando obter um benefício que não tinha direito!!! Tentou obter o benefício da Justiça Gratuita. Isso significa que, ele queria processar sem ônus financeiro algum, ou seja sem custo, sem razão, traduzindo o ideal de que o que vier é lucro!!! A Justiça não é investimento, bolsa de apostas ou instrumento para se ganhar dinheiro fácil!!! Não é lugar para se levar “vida fácil” nem para se ganhar uma “graninha” (novamente expressão usada pelo próprio Bruno).

jg bruno-1jg bruno-2

Por isso o Blog recomenda: busque conhecer o que apóia e que tipo de pessoa é dono do canil que pretende comprar seu filhote, para não ter dissabores no futuro!!!

Se o criador tem coragem para ser DESONESTO perante a Justiça, certamente não terá pudor algum de prejudicar a parte mais fraca em um negócio, vc consumidor!!!

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Canil MR: CADELA DEVOLVIDA SEM A DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO

Consumidor: No dia 08 de Novembro de 2016 encontrei anuncio no OLX do Canil MR responsável Marcos Roberto da Silva, vendendo filhotes de labrador. Entrei em contato pelo telefone 95451-5567 e recebi fotos de algumas cadelas da raça labrador que estavam a venda. Escolhi uma de cor caramelo para presentear a minha filha. No mesmo dia fui até a residencial do Sr. Marcos para ver as cadelas. Gostamos de uma e compramos pelo valor de R$ 1.000,00, pago em dinheiro.Infelizmente minha filha entrou em pânico com a [editado pelo Reclame Aqui] e não parava de chorar, não queria sair no quintal com medo. No dia 09 de Novembro de 2016 na parte da manhã, entrei em contato com o Marcos explicando a minha situação e pedindo para receber a devolução da [editado pelo Reclame Aqui] Ele me informou que existia uma cláusula no recibo que não permitia a devolução, MAS PARA ME AJUDAR TINHA ENCONTRADO UM COMPRADOR E ELE IRIA INTERMEDIAR. No dia 12 de Novembro de 2016 na parte da manhã, o Marcos foi até a minha residencia para retirar a [editado pelo Reclame Aqui] e entregar ao novo comprador.Na parte da tarde recebi uma mensagem com o valor da venda R$ 700,00, descontando as taxas do cartão eu iria receber R$ 639,10.Aceitei o valor devido a situação, MAS ATÉ O MOMENTO NÃO RECEBI A DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO.JÁ ENTREI EM CONTATO EM DIVERSAS VEZES VIA TELEFONE E WHATSAPP, SEMPRE COM UMA HISTÓRIA DIFERENTE.No dia 18 de Maio de 2017 solicitei a devolução do dinheiro parcelada, ficou de me dar uma resposta.Hoje, dia 22 de Maio de 2017 efetuei novo questionamento e fui bloqueado no Whatsapp. Entrei em contato via telefone de um número diferente, me atendeu e pediu para retornar em 10 minutos. Retornei e caixa postal.GOSTARIA DE SOLUCIONAR O ESTA QUESTÃO QUE JÁ DURA MAIS DE 6 MESES!!!!

Criador: Isso é tudo mentira. Essa pessoa está agindo de [editado pelo Reclame Aqui] e não procede nada que está publicado. Já foi acertado e ainda está cobrando o que não tem direito. Não sei como o site pública coisas sem saber se é verdade ou não. Uma pena que tenha um site sem nenhum crédito e ainda dá ouvidos a uma pessoa com essa índole. Totalmente sem fundamento algum. Será que os responsáveis pelo site podem me contactar. Ou será que o site é pra disso? Ouvir quem não merece consideração alguma? Lamentável

Dados da reclamação: Canil MR – Marcos Roberto da Silva  São Paulo – SP – ID: 26353353  – 22/05/17 às 15h30.

Resultado: resolvido.

Fonte: https://www.reclameaqui.com.br/canil-mr-marcos-roberto-da-silva/cadela-devolvida-sem-a-devolucao-do-dinheiro_XZevTeH1vjwH23_7/

0 Comments

Canil Quebec Retriever (GO) topa tudo!!! Até escambo!!!

Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO), topa tudo! O blog descobriu que o criador trocou um filhote de seu canil por um notebook Dell, modelo Inspiron 14, serie 3000, core i5. O absurdo negócio está documentado em contrato!!!

clausula 1 escambo

Seria hilário se não explicitasse a pobreza financeira do criador, a sua falta de seriedade e sua visão mercantil do que é um cachorro. Se analisarmos esse canil somando-se o seu histórico de gerar cães doentes por PRA (atrofia progressiva da retina) e EIC (colapso induzido por exercício), a suspeita de falsificação de exames de saúde, a venda de cadela cega com obrigação de cruzá-la, os abusos comercias, se encaixa na definição da Sociedade Humanitária dos Estados Unidos, do que são “canis fundo de quintal”. Segundo a entidade, são operações de criação em larga escala, que ignoram a saúde e bem estar animal, objetivando apenas dinheiro!!! Topam tudo!!! É deprimente que um canil se sujeite a este papel.

0 Comments

Canil Summer Storm (SP) gerou afetados por PRA (13º caso).

LABRADOR-PRETO-AMARELO-CHOCOLATEEste é o caso mais bizarro que envolve o Canil Summer Storm, localizado em São Bernardo do Campo (SP), de propriedade Roberto Rodrigues Jr. e Renata Rodrigues. Trata-se de uma ninhada com 25% de filhotes afetados (doentes) pela doença PRA (Atrofia Progressiva da Retina), fruto do cruzamento entre o padreador  B Tres Uno Kevlar, carreador de PRA, com a matriz Summer Storm JJ Becca, também carreadora de PRA. Esse foi o segundo cruzamento constatado deste casal, sendo que o primeiro cruzamento ocorreu em 2011 e este em 2014. A doença se caracteriza por deixar o animal cego até a idade de 5 anos. Mais cães vítimas de criadores irresponsáveis foram gerados.  Um condenável cruzamento entre carreadores para apenas uma doença, geraria 25% da ninhada de cães doentes.

kebvbO caso é bizarro porque um dos filhotes dessa ninhada nasceu com sarna negra ou sarna demodécica. O comprador tornou pública essa reclamação através do site “Reclame Aqui” e foi processado pela criadora Roberta Boragini Rodrigues que exigia a retirada da postagem, apesar das provas contrárias. Agora, constatou-se que esse filhote tambémtem 25% de chances de ser afetado por PRA (atrofia progressiva da retina). Seguem os dados do filhote:

Picture 2

 Dados de B Tres Uno Kevlar e de Summer Storm JJ Becca extraídos do site do canil que comprovam que o padreador e a matriz são carreadores de  PRA:

IMG_1120       IMG_1150

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Canil MR: Não cumpriu com o prometido

Consumidor: Adquiri em Março de 2016 um filhote Labrador Retriever, pelo qual paguei o valor de R$900,00. No ato da aquisição, o Sr. Marcos me ofereceu o pedigree do filhote, pelo acréscimo de R$150,00. O total de R$1.050,00 foi pago integralmente à vista, através de cartão de débito. Foi prometido que pedigree me seria enviado via correios assim que estivesse pronto, o que levaria 45 dias. Ocorre que, passados mais de 3 meses nenhum pedigree me foi entregue. Entrei em contato inúmeras vezes e somente recebi promessas jamais cumpridas, e ainda fui informado que deveria retirar o pedigree em local não indicado por ele. Ou seja, paguei pelo documento, não recebi e, ainda foi me dito para retirar o documento em um local que sequer me foi informado o endereço.

Resposta do canil: É só agendar e retirar o documento. Se não agendar fica dificil de resolver. Estamos a disposição.

Dados da reclamação: Marcos Filhotes CANILMRSão Paulo – SP – ID: 19435089 – 29/06/16 às 14h26

Resultado: Não resolvido.

Fonte: https://www.reclameaqui.com.br/23jwySmmd8scWg2U/marcos-filhotes-canilmr/nao-cumpriu-com-o-prometido/

0 Comments

Revista Cães e Cia: Cães: Como não ser lesado na compra

Leitores denunciam problemas na aquisição de cães e cinco especialistas orientam sobre como evita-los

Denúncias contra vendedores de cães chegam à redação de Cães&Cia freqüentemente. As queixas vão desde viroses fatais e males genéticos nos cães comercializados, até desonestidade do vendedor, por não enviar o pedigree prometido ou, pior, não entregar o filhote já pago. Para complicar ainda mais, criam-se laços afetivos com o cão “com defeito”, e não dá para substituir um se que se ama.

Conhececer casos de compradores lesados e ter a orientação de quem mais entende do assunto pode ser muito útil para evitar futuras experiências ruins na compra de um cão. Reunimos aqui dicas de profissionais experientes – a advogada especializada em direito sobre animais de estimação, Monica Grimaldi; a cinóloga Hilda Drumond; o presidente do Conselho de Árbitros da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), Joni Petrovich; o comportamentalista Alexandre Rossi; e a veterinária Cyntia Peixoto. Aproveite!

.
SABER ANTES, NEGOCIAR DEPOIS
Decidir comprar uma determinada raça somente com base nas recomendações do vendedor às vezes é um erro fatal. Informações incorretas dadas apenas para não perder a venda pode causar sérios problemas. Ao comprar o Pit Bull Spot, para conviver com o Pastor Alemão Astor, o leitor Marcelo Zerbini, de Mauá, SP acreditou no vendedor que lhe garantiu o bom convívio entre os dois cães. Mas Spot cresceu e matou Astor numa briga, revelando uma combatividade omitida na negociação apesar de Spot ser dócil com pessoas.
Para saber como é o estilo de vida de uma determinada raça, o melhor é estudar o comportamento dela, os cuidados necessários e o que mais for preciso, sem depender para isso do vendedor. Leia sobre a raça desejada e o padrão oficial dela. Compare-a com outras. Ouça relatos de pessoas experientes, que não queiram apenas vender um exemplar. Descubra as diferenças entre o filhote e o adulto da raça escolhida.

.

ENCONTRAR O VENDEDOR IDÔNEO
O vendedor responsável e idôneo é de longe, a maior garantia para um final feliz na compra de cão. Por outro lado, quando impera a má-fé, os desfechos podem ser bem ruins para o comprador. Denúncias de crimes de estelionato não são raras. A leitora Carmem Pina Simões, de Belém, PA, perdeu R$200 enviados a uma vendedora de São Paulo como sinal na compra de um Poodle, que nunca chegou às mãos dela.
Para fugir de golpes como esses, o jeito é ser cuidadoso ao identificar o fornecedor do futuro cão.

.

Aprovação inicial, por telefone:
como teste, pergunte ao vendedor se o cão vai se dar bem em uma situação não recomendável para a raça. Se ele der informação incorreta, desclassifique-o. Caso contrário, peça o telefone de três clientes recentes, de preferência de outras cidades – a distância é um estimulo para os vendedores não idôneos darem golpes. Peça também o telefone do Kennel Clube emissor do pedigree do filhote e o do veterinário do canil, mesmo se o vendedor for um intermediário. Se ele não lhe informar, procure outro fornecedor. Pegue referências com os compradores, confirme no Kennel Clube a situação do canil e se foi pedido registro do filhote. Ao veterinário, pergunte sobre a saúde geral do plantel do canil, se há males genéticos, se os atuais filhotes foram vacinados e vermifugados ou quando serão. Percebendo problemas nessas conversas, não tenha dúvidas: desclassifique o vendedor.

.

Aprovação dos documentos: exija o comprovante de registro do filhote. Atualmente, não há justificativa para o criador não entregar esse documento juntamente com o filhote (ver cláusula 4 do contrato). Os Kennel Clubes filiados à CBKC oferecem um comprovante por filhote registrado, na entrega do mapa da ninhada, o que pode ser providenciando a partir do dia do nascimento. Noventa dias depois, o pedigree definitivo já estará à disposição do criador, para que ele o repasse ao comprador. Não se preocupe com o nome do cão que consta no documento de registro — na prática, o dono pode usar o nome que preferir. Outras duas entidades cinófilas – a Associação Cinológica Brasileira (ACB) e a Sociendade Brasileira de Cinofilia (SOBRACI) – também entregam rapidamente. Uma vantagem do pedigree CBKC é o reconhecimento internacional.

A não entrega do pedigree é um problema bastante frequente. Entre tantas vítimas estão os leitores Carlos Mattos, de Campinas, SP, e Valmir Moraes, de Niterói, RJ. Eles compraram respectivamente um Husky Siberiano, há quatro anos, e um Pinscher, há dois anos, e, apesar da promessa dos vendedores, não receberam o documento.
Só aceite a inexistência do registro se o filhote ainda não nasceu. Nesse caso, veja o pedigree dos pais da futura ninhada: se um deles não tiver registro, o filhote não terá direito a recebê-lo.
Premiações dos pais ou o controle de males genéticos, quando valorizam o preço da venda do filhote, devem ser comprovados com documentos (ver cláusula 11 do contrato)

.

Aprovação do estilo de negociação:
fuja de vendedor que agir de forma suspeita, tiver má-vontade em informar, orientar incorretamente ou insistir em receber adiantado, sem justificativa convincente. O venddor que se recusa a entregar filhotes com menos de 45 dias de vida dá sinais de idoneidade- a retirada precoce do convívio com os irmãos e a mãe pode causar, além de problemas de saúde, insegurança e timidez no cão. Entregar o cão entre 50 e 60 dias de idade é sinal de responsabilidade, pois essa é a faixa de idade adequada para o filhote ir a um novo lar. Por dois motivos: estar psicologiamente pronto para ser afastado da mãe e dos irmãos e encontrar-se na fase mais importante para a boa socialização, que vai até 90 dias de idade. Na entrega feita depois dos 60 dias, o cão deverá ter tomado a vacina óctupla, dada entre 50 e 60 dias de idade (repetida depois de 30 e de 60 dias), para reduzir o risco de viroses, com atestado datado, assinado e carimbado com o número de registro do veterinário responsável no CRMV.

.

Aprovação no local: deve ser feita sempre que possível, pois permite ao comprador ver de perto o que vai adquirir.
Nessa oportunidade, estar acompanhado por alguém que tenha experiência com cães, pode ajudar. Antes da compra, vistorie o filhote, a vitalidade dele, as condições de higiene e a saúde do local. Desconfie de vendedores que não deixam ver o canil. Se o lugar for sujo, quente, frio, úmido, agitado ou barulhento demais ou se reunir filhotes de diversas procedências, o risco de doenças aumenta, devido ao estresse e à facilidade de contágio. Aos 49 dias de idade do filhote pode-se aplicar o teste de Volhard que mede traços de temperamento: agressividade, obediência e timidez.
É ideal ver também os pais do filhote —conferir a aparência e a personalidade deles, para ter idéia de como o cãozinho ficará quando crescer. Se essa visita não for possível, ao menos examine fotos do pai, da mãe, do filhote e da ninhada.

0 Comments

Lagrimas de crocodilo do dono do canil Quebec Retriever (GO):

Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever, encaminhou email ao blog, tentando nos persuardir a retirar as publicações com apontamentos contra sua criação. Entretanto, merece muito destaque, o fato de que o criador em nenhum momento contestou os fatos apresentados pelo blog, a saber: PRODUÇÃO DE NINHADAS AFETADAS (DOENTES) POR EIC (COLAPSO INDUZIDO POR EXERCÍCIO) E PRA (ATROFIA PROGRESSIVA DA RETINA); VENDA DA CADELA CEGA COM CONTRATO QUE OBRIGAVA SEU CRUZAMENTO, SUSPEITA DE FALSIFICAÇÃO DE EXAMES DE SAÚDE DE SEU PLANTEL; UTILIZAÇÃO DE PADREADOR INAPTO AO CRUZAMENTO EM SEU PROGRAMA DE REPRODUÇÃO; SUSPEITA DE VENDA DE CÃO EPILÉTICO, ENTRE OUTRAS, TUDO AMPARADO EM FARTA DOCUMENTÇÃO. Só apresentou argumentos financeiros e se fez de coitado, sem sequer demonstrar algum sentimento quanto as consequências de seus atos. Lamental que ser humano se sujeite a papel tão ridículo.

Veja a íntegra do email:

Data: Sáb, 14 Jan 2017 (23:23:11 WEST)
De: Quebec Lab <bantunessilva@gmail.com>
Para: Lista Negra Labradores

.

Senhor (a) blogueiro (a), eu sou empregado e sustento minha família e meus filhos peludos com o meu salário, não temos o canil como uma empresa e sim como um hobby, ou seja, ele não é a nossa fonte de renda e se o RH de minha empresa for pesquisar qualquer coisa sobre eu na internet, posso perder meu emprego, se isso acontecer, entraremos em uma situação extremamente delicada, onde os principais afetados serão nossos cães…

Não sei quem é você e se fiz algo contra ti, se fiz, quero lhe pedir perdão! Sou um Cristão e como princípio de vida não cultivo desavenças, amarguras e contendas, antes pelo contrário, procuro seguir a paz com todos. Desde o primeiro dia em que tomamos conhecimento de seu blog, começamos a interceder por ti, pois nossa luta não é contra homens e sim contra os principados e potestades, e infelizmente você está sendo usado por eles para nos atingir, mas acreditamos piamente no mover de Deus e que Ele irá tocar em seu coração afim de que você mude sua postura!

Te peço encarecidamente que retire as acusações sobre nós em seu blog, isso não está afetando nosso canil e sim nossas vidas pessoais, por favor, reveja seus conceitos. Mas se isso não lhe for possível, por favor, tire o nome de minha esposa fora dessa confusão, ela não tem nada a ver com isso…

Espero que que me compreenda!

Boa noite!

BRUNO ANTUNES SILVA

O blog não se comoverá com mentiras e argumentos falsos, pois defende a saúde e o bem estar dos animais, bem como, os direitos do consumidor que adquirem um filhote esperando alegrias e tudo de bom que um animal pode proporcionar. Criadores que produzem deliberadamente filhotes doentes que sofrerão ao longo da vida e/ou que lesam seus clientes não serão poupados.

0 Comments

Dono do canil Quebec Retriever (GO) se contradiz em ação criminal contra criadora de Minas e sua conduta pode configurar o crime de denunciação caluniosa:

Bruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO) ingressou com queixa crime contra a criadora de Minas Gerais que lesou ao vender cadela totalmente cega. A referida ação mostra o desespero deste criador, uma vez que seus argumentos chegam a ser pueris, desconexos e sem qualquer fundamento legal.

Abaixo, segue a integra da ação movida pelo criador:

12345678910

1. A Contradição

Bruno Antunes Silva alega que não vendeu a cadela cega mas doou, contradizendo o contrato de compra e venda assinado por ele com firma reconhecida. Aliás, ao juntar o contrato no processo, fez prova contra si.

contrato

O contrato deixa claro que Bruno Antunes Silva, tinha total ciência de que a cadela era cega, uma vez que, o documento exime seu canil de toda e qualquer responsabilidade sobre o animal, a partir do momento que a cadela saísse de sua casa!!!!

Em continuidade a sua frágil defesa. “justifica-se” dizendo que “descobriu” que a cadela era, antes de entregá-la, conforme extraído do boletim ocorrência nº 2468072.

bo 4bo 5bo 6

Entretanto, em mensagem de email, encaminhada ao blog, ao mentir que nunca cruzou a cadela cega (apresentamos o anúncio da ninhada), Bruno Antunes deixou escapar, que não cruzaria a cadela pelo fato dela ser doente.

“Como já disse um milhão de vezes, a SHIVA chegou em nosso canil já adulta, NUNCA PRODUZIU NADA EM NOSSO CANIL e nem iria produzir, comprei ela do Pirineus Brasil e lá ela produziu muitas ninhadas, mas o responsável por essas questões é o proprietário do referido canil e não eu. Mais OUTRA INFORMAÇÃO QUE FAÇO QUESTÃO DE FRISAR EU DOEI PARA A ROSEANE LEANDRO, NÃO VENDI A SHIVA PARA NINGUÉM E SÓ FIZ ISSO POR MUITA INSISTÊNCIA DA ROSE. (Bruno Antunes Silva – Canil Quebec Retriever ou Quebec Lab)

2. A omissão de fatos:

Porque na acusação feita por Bruno Antunes Silva, do canil Quebec Lab (DO), ele não se manifesta sobre as assinaturas iguais nos exames de PRA (atrofia progressiva da retina) e EIC (colapso induzido pelo exercício) e a possível falsificação de exames da UNESP?

Porque não há menção ao laudo de displasia desconexo do padreador Brutus, inapto a cruzar pelo CBKC, que deveria ser classificado em grau grave e não foi?

3. A Denunciação caluniosa:

A Denunciação Caluniosa é a vontade de provocar investigação policial ou processo judicial. O agente leva ao conhecimento da autoridade, mediante o delatio criminis, o fato, sabendo-o falso, provocando investigação sobre uma pessoa.

Código Penal

Art. 339 – Dar causa à instauração de investigação policial, de processo judicial, instauração de investigação administrativa, inquérito civil ou ação de improbidade administrativa contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente: (Redação dada pela Lei nº 10.028, de 2000)

A ação proposta pelo criador Bruno Antunes pode se considerada o crime do art. 339 do Código Penal, uma vez que não apresentou nenhuma prova que sustente seus argumentos. Os documentos apresentados carecem de autencidade, ainda mais perante o histórico do criador. Segundo apurou o blog, já existe movimentos em outros Estados para processá-lo criminalmente por seus atos!!!

4. Criadores que concordam com a má conduta do criador Bruno Antunes Silva:

O criador Bruno Antunes Silva teve o apoio de APENAS dois criadores: Leandro Costa Ramos, do canil Bicame Lab (MG), que tem histórico de cruzar e gerar animais afetados por PRA (atrofia progressiva da retina) e EIC (colpaso induzido pelo exercício) e se apropriar do trabalho alheio, uma vez que omite o canil de origem de sua cadela campeã, bem como, Maria Aparecida Barbosa da Silva Nogare, do canil Caiaari (SP). Nenhum outro se prontificou a arriscar defendê-lo.

É para se pensar que tipo de criador que se une para defender a criação de cães doentes, negócios que podem configurar estelionato, possíveis falsificações de exames, utilização de cães inaptos a cruzar, etc. São aqueles que não tem a menor preocupação com sua reputação!!!!

Se unem ao ponto participarem de possível crime de denunciação caluniosa, o que é gravíssimo.

Por isso, pense muito bem na hora de escolher um canil para comprar um cachorro. Condutas expurias, inviduais ou em grupo, merecem especial atenção!!! Comportamentos não são isolados!!! Não procurem problemas com pessoas que não são confiáveis. Fujam desses canis!!!

5. Atitude covarde:

Algum tempo atrás, o Sr. Bruno Antunes nos encaminhou um email denunciando que o Sr. Wagner Alves Ferreira, dono do canil Pirineus, lhe vendeu a cadela Shiva cega. Entretanto, o Sr. Bruno repassou (vendeu) a cadela cega para outra criadora de Minas Gerais, sem avisar sua condição, lesando a mesma. Ambas as transações, por lei, podem ser consideradas estelionato. A criadora expôs publicamente o caso e foi processada covardemente pelo Sr. Bruno Antunes. A pergunta que se faz é: por que o Sr. Bruno Antunes Silva não processou o dono do canil Pirineus que teria lhe vendido a cadela cega?

0 Comments

Canil Quebec Retriever (GO) mente em contrato quanto ao prazo de entrega de pedigree do Kennel Clube de Goiás.

clausula 4

O contrato de compra e venda de cães do Canil Quebec Retriever (GO) apresenta informação falsa que o prazo de confecção do pedigree pelo Kennel Clube de Goiás é de 12 meses.

Segundo informações extraídas do site do KCGO o prazo é de 60 a 90 dias. Mais um capítulo da má-fé deste criador.

kc

fonte: http://www.kennelclubedegoias.com.br/perguntas-frequentes/

0 Comments

Contrato do canil Quebec Retriever (GO) com criadora de Minas Gerais pode configurar crime de estelionato!!!

Estelionato é a fraude praticada em contratos ou convenções, que induz alguém a uma falsa concepção de algo com o intuito de obter vantagem ilícita para si ou para outros. Tá escrito no art. 171 do Código Penal:

Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:

Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.

Bruno Antunes Silva redigiu o contrato de venda de cães com nítido intuito de enganar a criadora de Minas Gerai,s utilizando-se de clásulas ilíctas travestidas de legalidade.

Primeiro, o criador não informou que a cadela Vale do Paranã KV Shiva era cega, sendo que é obrigação legal, descrita no Código de Defesa do Consumidor, o vendedor prestar TODAS as informações do que está vendendo. Bruno Antunes Silva, induziu a criadora de Minas a crer que estava levando cães com saúde.

A cláusula 5 do contrato, que se refere a garantia, demosntra claramente que Bruno Antunes Silva, tinha TOTAL ciência da condição de saúde dos cães, uma vez que, demonstra tentativa deliberada de instentar-se de qualquer responsabilidade, após a retirada dos animais.

clausula 5

Está nítida a má-fe do canil Quebec Retriever (GO). Sabedor que vendeu pelo menos uma cadela doente, tendou se livrar de qualquer possibilidade de responsabilização. Essa cláusula é NULA de acordo com o art. 51 do Código do Consumidor:

Art. 51. São nulas de pleno direito, entre outras, as cláusulas contratuais relativas ao fornecimento de produtos e serviços que:

I - impossibilitem, exonerem ou atenuem a responsabilidade do fornecedor por vícios de qualquer natureza dos produtos e serviços ou impliquem renúncia ou disposição de direitos. Nas relações de consumo entre o fornecedor e o consumidor pessoa jurídica, a indenização poderá ser limitada, em situações justificáveis;

Mas as ilegalidades não param por ai. Através da cláusula 9, que é totalmente ilegal, buscou ludibriar a criadora de Minas Gerais, para desencorajá-la a ingressar na justiça utilizando seus direiros do consumidor.

clasula 9

A relação regida no referido contrato É PELO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR!!! A afirmação de que, por se tratar de uma negociação entre criadores que não são consumidores, demonstra a intenção desonesta do criador. A criadora é SIM CONSUMIDORA FINAL!!! Consumidor final é todo aquele que adquire o produto para seu uso, independentemente de destinação econômica. A criadora adquiriu cães para uso em seu canil. Vale lembrar ainda que o CDC equipara a consumidor todas as pessoas, físicas ou jurídicas, vítimas das práticas comerciais abusivas ou contrárias às políticas de consumo delineadas no Código (art. 29).

Diante de tudo o que já foi exposto, fica claro que o canil Quebec Retriever (GO), deliberadamente e continuamente apresenta atitudes desnonestas que lesam consumidores, sejam criadores ou proprietários comuns.

Abaixo a íntegra do contrato:

contrato 1contrato 2contrato 3contrato 4contrato 5

0 Comments

Quebec Retriever (GO) vendeu cadela cega, com contrato que obrigava o seu cruzamento, e cão com suspeita de epilepsia, e ainda processou criadora porque reclamou.

untitledBruno Antunes Silva, dono do canil Quebec Retriever (GO) processou a criadora de Minas Gerais que expôs publicamente a péssima conduta comercial do canil Quebec, de lesar compradores de cães. O canil vendeu uma cadela completamente cega para o canil de Minas e de acordo com o contrato de compra e venda do animal, havia a obrigação de cruzá-la. Ou seja, obrigava a cruzar um animal doente. Não bastasse isso, vendeu outro cão para mesma criadora, que apresentou convulsões, sendo um caso suspeito de epilepsia. A linhagem continua sendo utilizada em cruzamentos, o que é um absurdo já que se trata de doença de origem genética. A situação do canil é mais grave, pois pairam muitas dúvidas quanto a autencidade dos exames de saúde de seu plantel e, o canil gerou cães doentes (afetados), bem como, continua utilizando indevidamente, em cruzamentos, um padreador (Brutus) com displasia grau d/grave (cruzamento proibido pelo CBKC), já que no seu exame apresentou ângulo de Norberg de 98°. Tal fato serve de alerta para quem tem intenção de comprar um cão deste canil, pois se por algum motivo o comprador reclamar, será processado da forma mais desleal.

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Porto Filhote (RS): Descaso com o cliente.

Picture 62

CONSUMIDOR: Foi comprado um cachorro “dito” da raça labrador. No outro dia, antes de pegar o cachorro, pedi ao meu veterinário que examinasse o mesmo. Ele me relatou que o animal não possuía os traços legítimos de um labrador e que possuía sarna de ouvido. Liguei imediatamente cancelando a compra. Pediram que eu enviasse e-mail via sac@portofilhote.com.br. Já falei por diversas vezes com a Gerente Adriana e a mesma somente empurra o problema. Falei hoje com outra pessoa indicada por ela chamada Diego. O valor foi debitado em meu cartão de credito e desde então estou solicitando o estorno da compra. Saliento que não cheguei a coletar o cachorro na Loja. Ficam dizendo que tenho direito a um credito na Loja. Não tenho mais a mínima confiança nesta Loja e não quero crédito. Solicito o estorno. Imediato.

Observação: Não houve solução até o momento
.
Dados da reclamação: Porto Filhotes - Porto Alegre – RS - ID: 12263612 - 13/03/15 às 19h23.
.
Fonte: http://www.reclameaqui.com.br/12263612/porto-filhote/descaso-com-cliente/%2Blabrador+porto+filhote+reclame&client=safari&rls=en&hl=pt-BR&ct=clnk
0 Comments

Aos lesados é importante saber sobre a atuação dos Kennels Clubes:

Os Kennels Clubes tem limites em sua atuação, pois são uma entidade cartorial. Somente podem atuar em procedimentos onde alguém foi lesado por criador, envolvendo falsidade de pedigrees, NÃO ENTREGA DE PEDIGREES, etc. Problemas relacionados a relacão de consumo entre criadores associados e consumidores finais – compradores – devem ser resolvidos na Justiça, seja na Justiça Comum ou nos Juizados Especiais Cíveis (não tem custas e não precisa de advogados) ou no Procon.

Os Kennels recomendam:

Antes de adquirir um filhote:
1 - Pesquise sobre a raça que você tem interesse, entenda as características de cada uma, os seus hábitos, predisposição genética a doenças e cuidados necessários;

2 - Pesquise sobre os criadores existentes e busque referências quanto a idoneidade;

3 - Dê preferência aqueles criadores que oferecem garantias quanto à saúde do filhote e que também se preocupam com o bem-estar dos animais ;

4 - Nunca compre um flhote sem contrato que retrate as condições de compra e venda acertadas pelas partes;

5 - Exija, no ato da compra, o contrato de compra e venda, recibo do valor pago, carteira de vacinação atualizada, datada e assinada pelo médico veterinário responsável e o manual de instruções e cuidados para com o filhote;

6 - Dê preferência por filhote microchipado, pois o criador que microchipa seus exemplares e filhotes, vincula responsabilidade em sua criação;

7 - Os Kennels  não se responsabilizam por danos ou quaisquer prejuízos advindos da compra e venda de animais. A responsabilidade é inteiramente das partes;

Fique atento - As terminologias “bibelô‘, “de bolso“, “micro“, “teacup“, “zero“, “zero-zero“, “zero-um“, não fazem parte do padrão oficial das raças de pequeno porte. Confira isto acessando os “Padrões” das raças. A miniaturização é extremamente prejudicial à saúde dos cães e não existe nenhuma justificativa para estimulá-la. Exemplares extremamente pequenos são mais frágeis e podem apresentar sérios problemas de estrutura física e de saúde e em muitos casos, pode ser uma anomalia, longe de ser uma qualidade que deva ser valorizada.

Pedigree - O pedigree é um documento que só pode ser requerido pelo criador/ proprietário da fẽmea e com canil devidamente registrado junto à CBKC e FCI. Um cão só pode obter o pedigree se ambos os pais tiverem o documento de registro. Se apenas um dos pais tiver o pedigree, não é possivel obter o registro para o filhote. Também não é possivel registrar um filhote apresentando somente a cópia dos pedigrees dos pais ou até mesmo registrar um filhote separadamente da ninhada. Por isto a importância de se adquirir um filhote de criador sério, responsável e devidamente registrado junto ao Kennel Clube. Portanto, não existe cão de raça pura sem pedigree!

Protocolo de Registro - este documento significa que o criador deu entrada na documentação necessária para registrar o filhote/ ninhada e que será enviada à Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC). Não é um documento definitivo e nem garante que o filhote está registrado. Somente havendo total regularidade na documentação apresentada pelo criador, o certificado de origem (pedigree), será emitido pela CBKC nos prazos regulamentares. Sempre que for adquirir um filhote, exija a cópia ou o Protocolo de Registro deste, emitido pelo Kennel, pois este documento é a garantia de que o registro do filhote/ninhada está em andamento.

Comércio de cães - Juridicamente animais domésticos são considerados bens móveis duráveis e o comercio é regulamentado pelo código de defesa do consumidor. Também existe a exigência de um veterinário responsável pela criação (Lei nº 40400/CRMV).

0 Comments

Vídeo: Jack, o Labrador cego (PRA – atrofia progressiva da retina) busca uma bóia.

Conheça Jack! Um inspirador Labrador de 10 anos de idade que foi  Campeão na categoria de esportes aquáticos no UK Spot On Awards! E adivinha! Ele é cego!

Jack perdeu a visão 3 anos atrás devido a uma doençachamada atrofia progressivada retina (PRA), uma doença genética comum, encontrada em cães que piora ao longo do tempo. A dona de Jack, Margaret Simpson teve que treiná-lo diferentemente de outros cães mas como todo labrador mostrou  amar  água também.

Margaret Simpson, que vive em Potters Green, Coventry Inglaterra, disse:

“Quando o pegamos, ele estava perdendo a visão e nós ensinamos a ele como parar, olhar para a esquerda e para a direita, e quando estávamos caminhando, onde quer que houvesse água, ele podia senti-lo.”

“Então ele começou a entrar em lagoas e canais usando apenas seu olfato, colocando a cabeça debaixo d’água e trazendo de volta grandes pedras.”

“Então nós começamos a jogar um boneco, o que era melhor para seus dentes, e ele apenas mergulhou. Foi quando percebemos o quão talentoso ele era.”

“Fiquei realmente surpreso quando ele ganhou (Pet Campeão Award) e é ótimo para ele finalmente ser reconhecido por suas realizações.” .

Veja no vídeo a seguir, como Jack localiza um objeto na água sem visão:

0 Comments

Primeiro estudo brasileiro apontou que 25% dos labradores do país são carreadores do gene EIC (colpaso induzido pelo exercício).

O colapso induzido pelo exercício (EIC) é considerado uma síndrome autossômica recessiva que afeta principalmente cães da raça Labrador Retriever. A doença é caracterizada por fraqueza muscular e colapso após exercício intenso. Usualmente, ocorre recuperação clínica após o episódio, mas alguns animais podem vir a óbito. Os sinais clínicos são decorrentes do polimorfismo de base única (SNP) c.767G>T no gene Dynamin 1 (DNM1). O objetivo deste trabalho foi determinar a ocorrência deste SNP em 321 cães da raça Labrador Retriever do Estado de São Paulo. Primers específicos para a amplificação de todo o exon 6 do gene DNM1 foram usados nas PCRs utilizando DNA a partir de amostras de sangue ou swab bucal, a avaliação final foi realizada com sequenciamento direto dos produtos da PCR. Dentre os 321 animais estudados, 3,4 % (11/321) eram homozigotos para o SNP c.767G>T no gene DNM1 e 24,6% (79/321) eram heterozigotos. Somente um dos 11 animais homozigotos apresentavam sinais clínicos compatíveis com a EIC. Este é o primeiro estudo sobre a ocorrência deste SNP no Brasil e considerando que quase 25% dos animais estudados eram heterozigotos, a genotipagem dos animais para este SNP pode ser importante antes dos acasalamentos para cães desta raça. A EIC deve ser considerada nos diagnósticos diferenciais de enfermidades neuromusculares em cães da raça Labrador Retriever.

Fonte: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/128428

Basso, Roberta M. et al. Ocorrência do SNP c.767G>T no gene DNM1responsável pelo colapso induzido pelo exercício em cães da raça Labrador Retriever no Estado de São Paulo. Pesquisa Veterinaria Brasileira, v. 35, n. 5, p. 486-490, 2015. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/128428>.

0 Comments

Como denunciar o canil que vendeu o cachorro com sarna demodécica ou qualquer outra doença? Formas judiciais de solução!

Existem algumas alternativas para esse tipo de caso.

Denúncia:

1. Se o canil for registrado vc pode denuncair no Kenel do seu estado para q ele seja punido e descredenciado. Existe Kenel em todos os estados.

2. Pode denunciar no DEMA – Delegacia Especial do Meio Ambiente e no IBAMA.

3. Pode denunciar no PROCON que aplicará uma multa que vai para o Fundo de Defesa do Consumidor.

4. Se quiser pode denunciar na delegacia como sendo um caso de estelionato. A pena é de reclusão de um a cinco anos e multa. Não precisa de advogado, pois o seu representante será o Ministério Público.

No caso de indenização:

1.Animais são bens pela legislação brasileira, por isso você pode reclamar na justiça o ressarcimento do que gastou com essa doença se provar a intenção do canil (que sabia da doença e quis te enganar).

1.1.Para isso você pode entrar com uma reclamação no PROCON que trata de relações de consumo.

1.2.Ou pode entrar com uma ação no Juizado Especial Cível. Você não precisa contratar um advogado, mas, se quiser, pode.

O que você tem que alegar é que o “bem” que você adquiriu veio com defeito oculto (que é o defeito que você não pode constatar na hora da compra).
Existem dois tipos de ações que você pode optar:

Ou “Ação Estimatória”, em que você diz que quer ficar com o “bem”, mas que quer abatimento no valor que pagou por ele.

Ou “Ação Redibitória”, que você troca o “bem” por outro igual, mas sem defeito.

Outro pedido que pode ser feito (espero que você entenda, pois essa parte é um pouquinho mais complicada se você quiser pedir) é para ressarcir os gastos que você teve por conta da doença, para isso você deve comprovar o dolo da empresa, alegando que essa doença só pode ser pega da mãe, através da amamentação, que a empresa tinha o conhecimento disso e que não te avisou do defeito que o bem possuía por má-fé, pois não tem como não saber que a mãe é portadora.

Para comprovar isso você precisa apresentar uma matéria científica a respeito da sarna (sobre as formas de transmissão da doença). E comprovar através de recibos os gastos que teve.

Você pode entrar com esse pedido toda vez que o cachorro tiver uma crise, e você tiver gastos com ele.

Você ainda pode pedir dano moral por ter criado expectativa em cima de um “bem” que nunca vai “funcionar” direito, que nunca vai poder ter filhotes, pois eles também seriam portadores da sarna. Você pode tentar comprovar que usaria o filhote comprado para um futuro negócio de reprodução de animais e que o seu negócio foi frustrado.

OBS.: O prazo que você tem para entrar com essas ações é de 90 dias a partir do momento que você tomou conhecimento do vício (da doença), conforme o artigo 26 do Código de Defesa do Consumidor (produtos duráveis).

Espero ter ajudado!

Ah, e com relação ao tratamento, o medicamento que a Rebeca usou foi o Mectimax. A dose tem que ser ajustada semanalmente, pois o peso do filhote aumenta conforme o tempo vai passando. O tratamento dura por volta de 3 meses. E não se assuste, pois não é um bicho de sete cabeças, não!

Até mais!

Se você tiver alguma dúvida, entre em contato com um advogado.

0 Comments

Inforum: Re: Re: Absurdo Canil Tenório

22/06/2012 10:36
De: Amanda Lacerda
IP: 201.73.48.19

Também gostaria de registrar minha reclamação contra o “Canil Tenório”, que nem sei se existe, pois o vendedor foi MARCOS VINICIUS TENÓRIO . Perdi meu cachorro há um ano de velhice e então fui a Feira de Teresópolis adquirir um cachorrinho. Comprei um labrador preto que segundo o vendedor, Marcos Vinicius Tenório estava tomando algumas medicações preventivas para algumas infecções que poderiam ocorrer. Como não sou veterinária, fiz o contrato e levei o pobrezinho para a minha casa, onde o tratei com muito amor no único dia que ficou na minha casa. No dia seguinte começaram os vômitos, diarreia. Eu desesperada levei-o a uma clinica veterinária de minha confiança e adivinhem!!! O cãozinho estava com PARVOVIROSE, uma doença gravíssima que mata 90% dos cãezinhos. Pela medicação que ele estava tomando, escrita no próprio contrato pelo vendedor cruel, é de se deduzir claramente que o vendedor sabia que o cão estava infectado. Ou seja, além da perda do meu amigo que eu já estava sofrendo junto com a minha família, vimos o cão, a cada dia ficar magrinho, piorando, internado, tomando soro, com aqueles olhinhos pedindo ajuda e por fim veio a falecer sob os nossos olhos e nada pudemos fazer. Liguei por diversas vezes para o tal Marcos Tenório que disse que ia me reembolsar os custos da internação, veterinário e me dar um novo cachorro (conforme diz o contrato dele) e até hoje, passaram 3 meses e nada. Quando entro em contato com o Marcos Vinicius Tenório, o mesmo diz que o problema é todo meu, se eu quiser, eu entro na justiça pois todos os cachorros que ele tinham morreram ou estão infectados e ele não tem dinheiro para ressarcir.
Por fim informo que por mais que esse vendedor cruel acredite que a Justiça nunca vai chegar nele, exigindo que ele pague por todos os danos materiais sofridos por mim (porque a indenização moral não tem preço que pague), eu que acredito na Justiça brasileira, garanto que a justiça vai chegar, mais breve do que ele pensa.
O que eu posso dizer para vocês nesse fórum é que NÃO COMPREM COM O MARCOS TENÓRIO e NEM NO CANIL TENÓRIO, POIS ELE CONTINUA VENDENDO TRANQUILAMENTE OS CÃES.
ELE CONTINUA VENDENDO OS CÃES TRANQUILAMENTE!!! Caso queiram checar, eu possuo contrato, cheque compensado em nome desse vendedor. Estou alertando para que vocês não sofram como eu e minha família sofremos.

Fonte: https://inforum.insite.com.br/canil-de-teresopolis/12510612.html

0 Comments

Procon orienta compra de animais de estimação

A Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, orienta o consumidor sobre os cuidados na compra de animais de estimação. Independentemente dos sentimentos que levam as pessoas a adquiri-los, o animal, para fins de enquadramento legal, é equiparado a um bem durável e, por isso, sua aquisição está sujeita às normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Durante o primeiro semestre deste ano, a Fundação Procon-SP registrou 46 consultas e oito reclamações. De janeiro a dezembro do ano passado, foram 59 consultas e 15 reclamações relativas ao assunto. O principal problema verificado pelos técnicos do órgão é a a venda de filhotes com problemas de saúde. O Procon-SP recomenda o consumidor verificar, para sua maior segurança, se a loja está funcionando regularmente e se fornece todos os documentos que devem acompanhar o animal.

Os documentos necessários são: a carteira de vacinação, o atestado médico veterinário e o pedigree, que garante a raça do animal. Os técnicos da entidade destacam que o consumidor deve exigir recibo ou nota fiscal com a descrição do animal, a data e o valor pago. De acordo com o Procon-SP, comprar filhotes em feiras, praças, exposições e outros locais onde há uma concentração muito grande de animais, pode resultar na aquisição de animais com problemas de saúde. Isto porque, segundo o órgão, estarão lado a lado animais de diferentes procedências e, se um deles tiver uma enfermidade, é mais fácil de disseminar para os outros que estão sadios.

Se o animal de estimação tiver com alguma doença durante os primeiros 90 dias após a compra, o consumidor deve procurar a loja que, por sua vez, terá 30 dias para resolver a questão, alerta o Procon-SP. Caso isso não ocorra, o consumidor tem, à sua livre escolha: o direito de solicitar a troca do animal por outro, em perfeitas condições; a devolução do valor pago; ou, se possível, o abatimento proporcional do preço. O Procon-SP alerta sobre os custos da manutenção do animal. No caso de cães, por exemplo, o consumidor deve calcular os gastos com ração, comedouro, bebedouro, higiene, tosa, veterinário, etc, além do espaço e do tempo disponível para levá-lo a passear, pois cães solitários tendem a ser mais agressivos e podem desenvolver doenças comportamentais. Vacinação O consumidor deve ficar atento também quando necessitar de serviços veterinários. De acordo com o Procon-SP, o serviço nunca pode estar vinculado à venda de produtos da própria clínica, pois isso se constitui em venda casada, prática considerada abusiva pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Em caso de vacinação do animal, verificar sempre se a vacina está dentro do prazo de validade, alerta o Procon-SP. Se surgirem inflamações decorrentes da aplicação, ou contaminação pós cirúrgica (casos de castração, por exemplo,) o dono do animal pode recorrer a um órgão de defesa do consumidor se não conseguir entrar em acordo com a clínica. Já questões éticas podem ser encaminhadas ao Conselho Regional de Veterinária. O consumidor que tiver dúvida ou reclamações pode se dirigir ao Procon, por meio do atendimento telefônico 1512, ou pessoalmente, nos postos de atendimento do Poupatempo Itaquera (metrô Corinthians-Itaquera), Poupatempo Sé (Praça do Carmo s/nº ) e Poupatempo Santo Amaro (Rua Amador Bueno 176/258).

Fonte: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,procon-orienta-compra-de-animais-de-estimacao,20020812p12126

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Shopping do Animal: Vendem Animais doentes.

Consumidor: Em Julho de 2015 comprei um filhote de labrador com 45 dias, nos enviaram fotos dos animais e escolhi por um deles. Como não sou de Jaboticabal eles vieram me entregar o filhote. Logo de início achei um comentário estranho, ele disse que se o animal estivesse com as fezes líquidas estaria normal por conta de ser filhote ou da vacina. Bom um dia e meio depois meu filhote já estava internado, com uma grave doença, cistos de isospora. Nesse dia e meio que recebi meu cachorro comecei a ligar para o vendedor (Fernando) e este disse que viria ver o filhote pois ele disse que era veterinário. Bom, ele nunca veio, e me atrasou em pedir socorro a outro veterinário logo, o que quase levou ele a morte. O cisto de isóspora é passado por um único fator, má higiene do local de nascimento (que fui fazer uma pesquisa e este local deveria ser interditado por maus tratos, é um absurdo), por todas as consequências da doença ele pegou infecção generalizada pois ele deveria ter sido atendido as pressas já que o outro veterinário acredita que como ele piorou muito rápido eles deram algum remédio para mascarar a doença até a venda e entrega do animal. Meu cachorro ficou internado por um total de 25 dias, depois ele teve outros problemas decorrentes desta infecção e ficou internado mais 9 dias. A conta do veterinário eu nem preciso citar, ficou gigantesca, entrei em pânico. E o que o dono desta Pet shop fez? Nada! Se dispôs a pagar uma quantia que não cobriu nem os primeiros 7 dias de internação, literalmente sumiu. Ficamos sabendo que o irmão do meu cachorro estava muito mal a ponto de morrer, talvez tenha morrido da mesma doença. Isso tudo passou em meados de outubro. No mês de Dezembro agora ele começou a sentir dores nas pernas, não queria levantar. Levamos para o veterinário e depois de inúmeros exames caros foi diagnosticado com displasia grave e necrose. Tentei contato com este Fernando novamente pois displasia é cruzamento errado, ou seja, ele não é criador de filhotes, e sim vendedor que só pensa no dinheiro que irá receber, sem se importar com a vida e saúde dos bichos. Ele disse que labrador não tem displasia, essa doença não atinge eles. Ele tirou uma da minha cara, pois para uma pesquisa rápida no google você já vê que o labrador está na lista como número 2 de cachorros com displasia. Vamos ter que operar ele agora mês que vem, e estou em busca de qualquer ajuda pois em contas vi que em 6 meses meu filhote custa 2500,00 por mês com todos os remédios, exames, comida especial, tudo. E ainda vem a cirurgia.

Observação: houve solução.

Dados da reclamação: Shopping do Animal - São Carlos – SP - ID: 16527563 -  28/01/16 às 12h36.

Fonte: https://www.reclameaqui.com.br/16537563/shopping-do-animal/vendem-animais-doentes/

0 Comments

Site Direito Animal: TERESÓPOLIS – Canil Tenorio

Comprei três animais do CANIL TENORIO em Teresópolis. Os três vieram com problemas.O canil foi contactado e a resposta foi a mesma, podemos trocar os animas, só que como a mesma disse são animais e não peças de roupas com defeito de fábrica.Estou indignada de saber que este canil ainda funciona. Está claro que não devem ter a menor consideração com animais, devem crusar sem sequer saber a procedencia dos animais. Outra coisa paguei pelo registro de pedigree e até hoje, a mais de um ano não recebi o certificado de nenhum dos três. Sem contar a dona do canil que é uma pessoa grosseira que nem sabe atender ao público. DECLARO AQUI QUE NÃO ACONSAELHO A COMPRA DE ANIMAIS NO CANIL TENÓRIO.

ROBERTA MARTINS DOS SANTOS

Fonte: http://www.direitoanimal.net.br/onealltextos.php?one=244

0 Comments

Video: Pesquisadores da Universidade de Minnesota descobrem gene que causa colapso em cães.

YouTube Preview Image

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Canil MR: Comprei, não pude escolher, fizeram pouco caso.

Consumidor: Comprei filhote de labradora. O combinado era eu ir até o canil e escolher um filhote em 45 dias, mas c 36 recebi um filhote sem direito à escolha sem vacinação, sem comer raça e magra. Após fazermos o depósito bancário a recebemos c 36 dias ao invés de escolhermos um filhote aos 45 dias. Pedimos várias vezes por uma possível troca ou devolução da quantia, pois a filhote era agressiva e nada dócil o que é anormal para um cão da raça Labrador. Castrei-a, tratei bem, vacinei mas nao tive escolha a nao ser doa-la por conta do temperamento. Comuniquei mts vezes o sr Marcos mas fez pouco caso da situação. Seja digno e nos dê outro filhote ou a quantia paga de $900 por td prejuízo que tivemos,

Observação: houve solução.

Dados da reclamação: Canil MR – Marcos Roberto da Silva - São Paulo – SP - ID: 20082607 –  01/08/16 às 17h27.

Fonte: http://www.reclameaqui.com.br/jlyZjCNcXwIDmBBn/marcos-filhotes-canilmr/compreinao-pude-escolher-fizerem-pouco-caso/

0 Comments

Canil Tenório (RJ) descumpriu acordo judicial no valor de R$ 1.500,00.

O Canil Tenório (RJ), de propriedade Denise Tenório Albuquerque, realizou acordo judicial, no processo 0008225-64.2013.8.19.0061, do Juizado Especial Cível de Teresópolis. O canil se comprometeu a realizar o pagamento de R$ 1.500,00, em três parcelas de R$ 500,00, bem como, entregou o pedigree do animal. Em contrapartida o consumidor se obrigou a transferir a propriedade da cachorro adquirido.Entretanto o canil descumpriu o acordo e foi penalizado com multa de 20% no valor de R$ 300,00. Os representantes do canil não foram encontrados de modo que não foram encontrados bens para quitação da dívida.

Fonte: Processo: 0008225-64.2-13.8.19.0061 (Juizado Especial Cível de Teresópolis).

0 Comments

Labrador Retriver Joinville (SC) faz propaganda enganosa com cães de outros canis.

O canil Labrador Retriver Joinville (SC) fez propaganda enganosa com utilização de imagens de cães que não são de sua propriedade. Foram utilizadas fotos de animais como do padreador Zuo’s Zaltana Ivan e da matriz June Leavel. A propaganda enganosa utiliza meios de oferecer o que não se tem, forçando o comprador, ou consumidor a comprar outro produto, a idéia é chamar a atenção e aumentar as vendas.

 - Anúncios falsos:

joinville 2

Labrador Retriver Joinville

- Anúncio original:

joinville3

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Canil MR: Péssimo atendimento na solicitação de pedigree.

Consumidor: Comprei um labrador do Canil MR – Sr. Marcos Roberto da Silva. Naquele momento o Sr. Marcos informou que eu poderia solicitar o pedigree posteriormente.

Após alguns meses, resolvi tirar o pedigree do meu labrador, entrei com contato com o Sr. Marcos e este me informou o valor e prazo de 30 a 40 dias. Paguei o valor integral do pedigree via depósito ao Sr. Marcos no dia seguinte, em 05/07/2016 e encaminhei o comprovante de depósito. O Sr. Marcos me informou que neste mesmo dia estaria dando entrada no processo de pedigree no sistema.

Ocorre que até hoje (passaram-se 105 dias), não recebi o referido pedigree. Tenho cobrado o Sr. Marcos constantemente que raramente responde e informa que está muito ocupado, vai verificar a situação do pedigree e me retornará, mas este retorno nunca vem.

Entrei em contato com a organização responsável por emitir os pedigrees do Canil MR e para minha surpresa fui informado que até o momento não foi dada entrada neste processo de pedigree para meu labrador!!! Informaram também que quanto mais tempo passa a partir do nascimento do cão, mais caro fica para obter o referido pedigree.

Tendo em vista o exposto, solicito que o Canil MR – Sr. Marcos emitam o referido pedigree em caráter de urgência, enviem para o endereço já informado via carta registrada e que não seja cobrado nenhum custo adicional para isto, visto que eu não tenho que arcar com erro cometido pelo mesmo.

Caso o Canil Mr queira entrar em contato por telefone comigo, peço que seja feito no telefone informado neste canal de atendimento dentro do horário comercial.

Resposta do canil: Essa pessoa nunca ligou pra retirar o documento. O documento está a disposição dessa pessoa,qual a dificuldade pra vir buscar? É só ligar a agendar a retirada. Só agendar a retirada do documento. Se não agendar e solicitar o documento,fica dificil de resolver. Estamos a disposição.

Réplica do consumidor: Entrei em contato via telefone e/ou via whats app para cobrar o documento do Sr. Marcos – Canil MR nos dias 08/09, 15/09, 17/09, 20/09, 26/09, 27/09, 28/09, 05/10, 07/10 e 20/10.

Recebi retorno somente nos dias 08/09, 20/09, 28/09 – todas as vezes dizendo que iria verificar e retornaria – o que não ocorreu. O resultado final só foi informado pelo Canil MR em 26/10 através do Reclame Aqui.

Conforme combinado no momento da contratação, o documento deve ser encaminhado pelo Canil MR para o endereço informado na época. Estarei encaminhando novamente os dados do endereço para o e-mail canilmr@gmail.com.

Solicito a gentileza de responder o e-mail na mesma data, com o documento (pedigree) digitalizado; e encaminhar o mesmo documento original para o endereço correto.

Gentileza também enviar o código de rastreamento do SEDEX para que eu possa acompanhar a entrega, pois é sabido que documentos desta importância não podem ser encaminhados por correio simples que não possibilitam o rastreamento e confirmação de entrega.

Caso o documento seja entregue por portador (motoboy), peço que seja feito com protocolo de entrega para assinatura na portaria do edifício (comprovando sua real entrega).

Agradeço pela atenção dispensada e aguardo a obtenção do documento devidamente emitido em minhas mãos para finalizar esta queixa no Reclame Aqui.

Réplica do canil: Basta me ligar e conversar é simples. Tá querendo audiencia é isso? Qual a dificuldade de ligar? Se não ligar e conversar fica impossivel resolver. Nunca nos negamos a nada. Basta entrar em contato.

Consideração final do consumidor: Recebi contato do Canil MR informando que se posicionará com a solução da questão em 31/10/2016. Por este motivo, estou retirando a reclamação.

Observação: houve solução.

Dados da reclamação: Canil MR – Marcos Roberto da Silva - São Paulo – SP - ID: 21645127 -  20/10/16 às 16h35

Fonte: http://www.reclameaqui.com.br/eODPulmRJ_SuJhLc/canil-mr-marcos-roberto-da-silva/pessimo-atendimento-na-solicitacao-de-pedigree/

0 Comments

Canil Summer Storm (SP) é acusado na Justiça de receber valores de reserva e não entregar cachorro.

LABRADOR-PRETO-AMARELO-CHOCOLATECanil Summer Storm, localizado em São Bernardo do Campo (SP), de propriedade Roberto Rodrigues Jr. e Renata Boragini Rodrigues, foi processado pelo Sr. Leandro Moller, na comarca de Novo Hamburgo (RS). No processo que tramita no Juizado Especial Cível da cidade, o autor alega que pagou R$ 1.620,00 (mil seicentos e vinte reais), no dia 13/07/15, para garantir a disponibilidade de um filhote. Depois de uma semana sem receber o contrato, nem maiores informações do animal o cliente solictou o cancelamento da compra e pediu o estorno dos valores, que foi negado pelo canil. Ainda, alega que o depósito não foi realizado na conta dos donos do canil, mas de um parente. O consumidor não recebeu o filhote. O canil alega que nos últimos 18 meses niguém com o nome do comprador adquiriu um  filhote. O processo encontra-se aguardando a citação dos donos do canil.

Picture 27

Se confirmadas as acusações o consumidor foi vítima de estelionato, conforme diz o Código Penal:

Art. 171 - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:

Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.

Isso pode se configurar como prática de estelionato. Um crime previsto no artigo 171 do Código Penal. Porque pegar o dinheiro do consumidor sem cumprir a sua obrigação é crime.

O valor pedido de indenização neste processo é de R$ 16.620,00 (dezesseis mil e seiscentos e vinte reais).

O pedido é embasado no comprovante de depósito a seguir:

Picture 1

Fontes:

Processo: 9002081-22.2015.8.21.0019 (TJ-RS).

Reclame Aqui!: https://www.reclameaqui.com.br/pPjGePD0A6l1XjaH/summer-storm-kennel-labs-brazil/canil-nao-entrega-cachorro-e-nao-devolve-o-deposito-/

Dados da reclamação: SUMMER STORM KENNEL LABS – BRAZIL – São Leopoldo/RS – ID 24441259 – 22/02/2017 as 16:55.

0 Comments

Site Reclame Aqui!: Canil (Summer Storm – SP) não entrega cachorro e não devolve o depósito.

Consumidor: Canil solicitou depósito de R$ 1.620,00 para garantir a disponibilidade do animal. Depois de uma semana sem receber o contrato, nem maiores informações do animal solicitamos para cancelar a compra e recebermos o estorno dos valores que nos foi negado, e o envio do animal também não foi realizado.

Resposta do canil: Não consta em nossos registros recentes (18 meses) nenhuma venda de filhote efetuada a ninguém com o nome de Leandro moller, isso nos leva a crer que o senhor se equivocou na melhor das hipóteses. Ou que esteja usando de [editado pelo Reclame Aqui] para prejudicar nossa imagem, caso insista tomaremos medidas judiciais pertinentes. Sds

Réplica do consumidor: O que mais desejo é resolver essa questão na justiça. Justamente por isso decidi tentar por aqui conseguir o endereço deste canil. O deposito foi realizado dia 13/07/15, realmetejá se passou um pouco mais de 18 meses. Poucos meses depois, sem sucesso em receber a devolução ou o cachorro acionei a justiça. Conto com ela para receber o mei ressarcimento com o reajuste devido. Porém até hoje o oficial de justiça não teve sucesso em intimar o canil, pois o mesmo não divulga e nunca me passou o seu endereço. Negócios sérios geralmente tem seu endereço exato registrado no seu site e paginas de Facebook, ou ao menos informam por e-mail ou telefone. Como não consegui o endereço por nenhum destes meios, solicito o endereço por aqui para podermos resolver essa questão na justiça. Por favor, se o seu negóciofor realmente serio, só me envia o endereço correto.

Réplica do canil: Caro senhor, definitivamente reiteramos que não consta em nossos registros recentes nenhum tipo de negociação com Vsa. Sendo assim não existe razão para lhe fornecer qualquer dado solicitado, uma vez que reitero desconhecemos a origem de seu descontentamento e dessa sua reclamação. Essa será nossa última interação nesta reclamação descabida. BOA SEMANA.

Tréplica do consumidor: Não esperava algo diferente deste tipo de resposta por parte deste canil. Mas ao menos assim possíveis interessados em adquirir labrador poderão acessar essa informação e assim procurar um lugar mais transparente e correto. E a justiça terá mais uma confirmação de que a empresa não está colaborando para resolvermos esse problema. Não me restará outra opção, senão informar o endereço da pessoa, e da empresa da pessoa, que teve a conta indicada para ser realizada a transferência bancária. Nem mesmo essa conta era de um dos criadores do canil, e sim de um parente. Esses são os únicos endereços que consegui, não gostaria de envolver outra pessoa, mas pelo jeito o canil utiliza de meios tão informais de fazer negócio que além de não informar endereço onde atua, utiliza de contas de terceiros para não precisar declarar seus rendimentos. Gostaria muito de ter recebido um atendimento decente, ter o meu cachorro entregue, ou o meu dinheiro de volta de um jeito mais simples, sem maiores transtornos. Mas como fica novamente claro nessa interação pelo Reclame Aqui, o único interesse do canil é se apropriar indevidamente de um valor sem prestar nenhum serviço. Vocês provavelmente tem todo o histórico de e-mail, sabendo muito bem a origem do meu descontentamento. Ou senão poderiam ao menos me solicitar a mim as cópias dos e-mails para tentar resolver essa questão. Mas novamente, não é interesse do canil. Alegar que faz mais de 18 meses é mais conveniente. Na ação da justiça está todo o histórico de nossos e-mails, e vou adicionar esse retorno do Reclame Aqui no processo para reforçar a postura do canil. Espero que a justiça, mesmo tardando, ressarça todo o prejuízo, estresse e tempo perdido. Torço para mais ninguém passar por este incomodo.

Consideração final do consumidor: Tive que recorrer a justiça para tentar recuperar o valor tomado sem a entrega do cachorro. A empresa não forneceu endereço. Tive que recorrer a pesquisa de CPFs dos criadores para conseguir, onde descobri que os mesmos possuem inúmeros processos. Pense bem antes de fazer negócio com essa gente.

Observação: não houve solução.

Dados da reclamação: Summer Storm Kennel Labs - São Leopoldo – RS - ID: 24441259 – 22/02/17 às 16h55.

Fonte: http://www.reclameaqui.com.br/pPjGePD0A6l1XjaH/summer-storm-kennel-labs-brazil/canil-nao-entrega-cachorro-e-nao-devolve-o-deposito-/

0 Comments

Reclame Aqui!: Dally’s Dog’s: Comprei gato por lebre.

Consumidor: Em 04/04/2015 através de um anuncio pela internet comprei um cachorro da raça Labrador com a vendedora Erica a mesma disse que o animal custava R$ 1.200,00 na cor amarela com PEDIGREE tinha 3 meses através de fotos enviada ao meu watts aceitei pois confiei em tudo que foi negociado, no mesmo dia o animal foi entregue magro fiquei meia decepcionada o motorista disse estava vindo do canil de São Roque me deixando mais desconfiada pois não foi dito o que deu a entender foi que o animal estava no Pet Shop se soube-se não teria adquirido (pois Canil é bom ir no local) que tinha sido vacinado naquele dia…enfim já era 22:30 fiquei com dó e aceitei o animal…com ele veio o contrato de compra contendo varias informações uma delas sobre o histórico da vacina e vermifugação, segui o guia assim foi ate o dia 22/04 aonde levei para tomar o que seria a 2 dose da vacina a veterinária que atende achou estranho pois na carteira de vacinação não estava assinada , me informou que o animal tinha sido vacinado com a nacional e não aplicaria a V10 importada mas a V8 pois não confiou porque qualquer pessoa poderia ter vacinado e se ele estivesse com uma doença encubada poderia vir agressiva e leva lo a óbito…parecia que a vet estava prevendo 5 dias depois meu animal começou a vomitar depois a ter diarreia levei ele no dia 03/05 ao veterinário aonde o mesmo foi diagnosticado com PAVORVIROSE podendo estar encubada afinal o mesmo não tinha sido vacinado corretamente com 45 ou 60 dias de vida e sim com 77 dias…enfim o animal ficou 12 dias internado recebendo 2 transfusão de plasma inúmeros antibióticos, quando entrei em contato com a proprietária Elaine Weber disse que tinha passado o prazo no contrato…claro que sim o animal foi PRE IMUNIZADO (PALAVRAS DA MESMA) no contrato dizia vacinado não PRE VACINADO, que tinha sido negligente levando meu cachorro ao PET MARGINAL POIS LA E CHEIO DE BACTERIAS…aonde Ja se viu ele ficava trancado em casa e ficou no colo o tempo todo no dia da vacina, claro levando em consideração que a vacina correta dava os 21 dias da garantia tudo estrategia e uma falta de respeito com o cliente e detalhe fora a tristeza pelo meu cachorro que sofria definhando com essa doença que poderia ter sido evitada se ela fosse uma profissional amorosa com os animais!!!!!!!!!!!!!

Meu custo entre a internação, transfusão e remédios pos internação pois DEUS foi bom e o cachorro sobreviveu ficou mais de R$ 5.000,00 fora isso o mais importante o meu sofrimento pois amo meu cachorro peguei amor me cortava o coração ve-lo doente daquele jeito.

agora para acabar com o resto de dignidade dessa pet shop DALLY DOG hoje pedi o pedigree do cachorro pois a vendedora disse que poderia solicitar ate com 120 dias da compra caso opta-se em pagar depois…o que a Aline atendente informou: SEU CACHORRO NÃO TEM PEDIGREE vocês acreditam me venderam um animal garantindo que tinha pedigree pois exigi que fosse de raça e me venderam sem..sendo na internet ou feiras de aninais.

Observação: não houve solução.

Dados da reclamação: Dallys Dog - Guarulhos – SP - ID: 13799482 - 14/07/15 às 23h0.

Fonte: http://www.reclameaqui.com.br/13799482/dallys-dog/comprei-gato-por-lebre/

0 Comments

Canil Quebec Retriever (DF): proprietário relata caso suspeito de cachorro nascido no canil (2º relato suspeito).

headerO Blog tomou conhecimento deste episódio através de um leitor, que nos encaminhou um email. O caso com o Labrador do canil Quebec Retriever (DF), de propriedade de Bruno Antunes Silva, ocorreu em meados de 2016 e, pelo descrito, é de alta gravidade, uma vez que poderia ter levado o animal a óbito. O relato gera suspeita fortes sobre a condição genética do exemplar em questão e consequentemento de seus pais, uma vez que a descrição do ocorrido é compatível com epilepsia. Ele é irmão do padreador  Quebec Retriever Liza Blaze Volvo. A seguir o relato dramático feito pelo dono do animal:

“Porque o XXXXX começou do nada começou a ter essas convulsões.ele se batia muito forte. O intervalo de  uma para outra era de segundos. Liguei para todos os vet e ninguém atendia. Os olhos dele estavam vermelhos as orelhas também. ele se esticava todo. Com a orientação do Vet. Fiz o que ele falou. Colocar ele em um lugar com pouca luz dar um pouco de água com acúcar e não mexer muito com ele. Graças a Deus funcionou, comecei a pesquisar sobre essa convulsão e ouvi alguns Vet falar que nenhum tipo de exame pode detectar e que pode ser hereditário.” (L.R.)

O caso inspira mais desconfiança, uma vez que a mãe (Liza to Quebec Retriever Beard Blue) deste cão morreu de causas desconhecidas com somente dois anos de idade.

0 Comments

Inforum: Canil Tenório (RJ) não entregou pedigree novamente.

15:15
De: Alexandre Conceicao
IP: 164.85.6.3

Re: Canil tenorio

Se existem maus tratos não foi o meu caso, mas acredito em quem denuncia, porque quem preza o dinheiro e despreza os clientes é um pulo prá essa pratica.

Vi o comentário sobre o canil Tenório. E acrescento mais um insatisfeito. Não sei como tem gente que prestam a viver a vida passando os outros para trás. É a família toda, Mãe, Irmã e irmão. Comprei e paguei caro por um Labrador com Pedigree. Recebi o pedigree? Seis meses e nada. Não dão nem satisfação e fogem da gente. Mudaram da feirinha de Teresópolis para Itaipava. Cansei de cobrar e ser enrolado. Peço que divulguem para evitar que outros caiam na conversa, pois agente que é de bem se sensibiliza pelos animais e por um negócio familiar e compra, mas não se iludam, esse é o negocio deles, somente o prejuízo vai fazer com que eles parem, sinto pelos bichos… Da sua reclamação até agora em 2013 nada mudou.

Fonte: https://inforum.insite.com.br/canil-de-teresopolis/12940506.html

0 Comments

Canil Summer Storm (SP): faça o que eu falo, não o que eu faço.

LABRADOR-PRETO-AMARELO-CHOCOLATE

O canil Summer Storm (SP), de propriedade de Renata Boragini Rodrigues e Roberto Rodrigues Junior, possui um código de ética muito bonito, mas infelizmente em sua maior parte se trata de uma obra de ficção, uma vez que as ações do canil demonstram claramente que este documento é ignorado. A seguir, o Blog fez um apanhado dos tópicos abordados no código de ética comparando-os com o comportamento prático/real deste criador:

.

Código de Ética do Canil Summer Storm:

“Só criar uma ninhada, quando possuir 100% de certeza que tal procriação resultará em melhoria ou preservação das qualidades inerentes na raça. Antes de qualquer procriação, os donos da cadela e do macho deverão prover um ao outro informação precisa e completa sobre o cão deles, não omitindo e nem mentindo sobre defeitos ou problemas genéticos que podem advir desta procriação, ou sequer de alguma característica indesejável que possa surgir.”

.

Realidade:

Trecho da carta encaminhada pela criadora ao Blog.

Trecho da carta encaminhada pela criadora ao Blog.

O que aconteceu com o código de ética do canil Summer Storm que não informou ao outro criador, que comprou uma cobertura, que o padreador Thabata’s Glacieridge Briar carregava genes de DUAS doença genéticas? Não é dever do dono prestar informações do seu padreador? A solução proposta pela criadora foi castrar os animais doentes. A castração não curou os filhotes afetados por EIC – Colapso pelo Exercício Induzido. A verdade é que o canil só estava interessado no dinheiro da corbetura, sem se importar com o resultado trágico deste cruzamento indevido. Filhotes doentes!!!  Esta criadora acha que castrar vai curar os filhotes!!!

.

Código de Ética do Canil Summer Storm:

Criar só com cães certificados Isentos de doenças de articulação, “Displasia de Quadril”, e com resultado negativo para Brucelose, sempre que possível aplicar também o exame de PRA, certificando os reprodutores serem livres de Atrofia Progressiva de Retina.

.

Realidade:

Alguns dos cruzamentos indevidos entre carreadores de PRA, realizados pelo canil Summer Storm.

Alguns dos cruzamentos indevidos entre carreadores de PRA, realizados pelo canil Summer Storm.

.O canil Summer Storm (SP) realizou diversos cruzamentos indevidos entre carreadores do gene de PRA (atrofia progressiva da retina), que geraram pelo menos 25% de filhotes afetados. Esses são somente os casos apurados de  PRA (atrofia progressiva da retina)!!!

.

Código de Ética do Canil Summer Storm:

Jamais vender um filhote para Pet-shop, ou oferecê-los através de Sites de relacionamento (orkut, etc…).

.

Realidade:.

Anúncio no Facebook.

Anúncio no Facebook.

.

As imagens dispensam comentários!!!!.

.

Código de Ética do Canil Summer Storm: 

Aceitar a responsabilidade por esses animais que são resultado de sua criação e estarão algumas vezes em risco de serem abandonados, em falta de salvamento, ou abrigue este animal, ou ache um novo lar para ele.”

.

Realidade:

Picture 21Picture 22Picture 23

O canil Summer Storm (SP) não quis se responsabilizar por um filhote com sarna negra, que era de sua criação, o que dirá de um animal ameaçado de abandono.

Fonte: http://www.blacklab.com.br/clipping863.htm

0 Comments

Video: Operação de displasia coxofemural bilateral.

YouTube Preview Image

0 Comments

Inforum: Canil Tenório (RJ) não entregou pedigree e deu prejuízo a cliente ao vender filhote que precisava de cirurgia (retirada de tumor).

13:31
De: Juliana Nunes
IP: 200.219.168.42

Canil Tenório

Comprei um Labrador que faz um aninho amanhã, o mesmo foi adquirido em uma feira em teresópolis no Canil Tenório, meu animal veio com uma ferida na cabeça onde foi perguntado para senhora Denise o que era, a mesma informou que não era nada, meu cachorro precisou passar por uma séria cirurgia onde foi gasto aproximadamente R$1000,00, ná epoca eu paguei cerca de R$150,00 pelo pedigre e até hoje não obtve retorno, me sinto enganada por este Canil e entrarei com processo contra o mesmo pois até hoje não me deram a solução para o pedigree e nem atendem o telefone que por sinal liguei várias vezes no começo do ano.Emfim doeu no meu bolso e concerteza agora irá doer no deles pois o processo será movido.
Fico impressionada com o total descaso que é feito com o cliente e os animais que eles comercializam, pois meu filhote veio doente, não só do tumor que tinha na cabeça como támbém cheio de vermes e infestado de pulgas o que fazia o bichinho passar muito mal.Hoje meu cachorro é muito bem tratado pois foi tomada as medidas cabivés para que ele chegasse neste patamar.
Não aconselho a compra de animais neste Canil pois pior do que dar prejuíso as pessoas e não ter palavra e não cumprir com a ética Profissional.

Fonte: https://inforum.insite.com.br/canil-de-teresopolis/9809009.html

0 Comments

Canil Summer Storm (SP) tem contrato de compra e venda de cães com diversas cláusulas ilegais e imorais.

LABRADOR-PRETO-AMARELO-CHOCOLATECanil Summer Storm, localizado em São Bernardo do Campo (SP), de propriedade Roberto Rodrigues Jr. e Renata Rodrigues, apresenta para seus clientes um contrato repleto de inconsitências e cláusulas ilegais e abusivas, que não tem valor legal algum. As cláusulas que colocam em desvantagem exagerada e prejudicam os direitos do consumidor podem ser anuladas pela Justiça. A seguir veremos a análise das inconsitências de informações, bem como das diversas cláusulas contratuais abusivas inseridas pelo criador. Primeiramente, adiante temos a íntegra do contrato de compra e venda, assinado entre o canil e um consumidor que efetivamente foi prejudicado:

Picture 7  Picture 8

Picture 9   Picture 10

Picture 11

1. Considerações Iniciais:

Picture 37

O canil alega que “rigorosamente” faz exames de saúde como os de displasia coxofemural,  displasia de cotovelo, de atrofia progressiva da retina (“em alguns casos”), avaliações hematológicas, etc. Alega que faz exames de PRA, mas não dá garantia da doença, o que causa bastente estranheza.

Picture 38

Doenças genéticas como PRA (citada pelo canil) e EIC, são 100% controláveis!!! Se o canil informa em contrato que existe a possibilidade dos filhotes vendidos serem afetados é pq não faz o devido controle dessas doenças.

O controle da displasia deve ser feito através de rigorosa seleção de padreadores e matrizes. Ainda que seja possivel nascer filhotes displásicos o criador é responsável pela doença, uma vez que faz parte do risco do negócio, assim como qualquer doença genética.

De qualquer maneira, qualquer manifestação de que o canil não tem responsabilidade sobre doença genética é a mais pura baboseira.

2. Cláusula 4:

Picture 4

O criador é responsável por toda doença genética do animal que vende, seja displasia coxofemural, displasia de cotovelo, desvio/luxação da patela, PRA, EIC, CNM, HNPK, sarna demodéciaca, faltas dentárias, prognatismo, etc. Isso é inquestionável. Faz parte do risco do negócio. Está explicitamente na lei. Veja o que diz o código do consumidor:

Art. 12. O fabricante, O PRODUTOR, o construtor, nacional ou estrangeiro, e o importador RESPONDEMINDEPENDENTEMENTE DA EXISTÊNCIA DE CULPA, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos decorrentes de projeto, fabricação, construção, montagem, fórmulas, manipulação, apresentação ou acondicionamento de seus produtos, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua utilização e riscos.

É uma cláusula NULA de acordo com o art. 51 do Código do Consumidor:

Art. 51. São nulas de pleno direito, entre outras, as cláusulas contratuais relativas ao fornecimento de produtos e serviços que:
- impossibilitem, exonerem ou atenuem a responsabilidade do fornecedor por vícios de qualquer natureza dos produtos e serviços ou impliquem renúncia ou disposição de direitos. Nas relações de consumo entre o fornecedor e o consumidor pessoa jurídica, a indenização poderá ser limitada, em situações justificáveis;
.

É muito suspeito o canil Summer Storm não querer dar garantia sobre PRA (atrofia progressiva da retina). É uma doença 100% controlável por exames de DNA disponíveis no BRASIL, assim como EIC (colapso induzido por exercício) que foi omitido pelo canil. A maioria dos 12 casos de ninhadas com afetados deste canil apuradas pelo Blog é da doença PRA. Lembrando que a atrofia progressiva da retina deixa o cão ceg

3. Cláusula 7:

Picture 5

Ter um pedigree da ALKC (America Latina Kennel Clube) é como ter nada ou como imprimir um pedigree na impressora de casa. O pedigree reconhecido na maioria dos países do mundo é o da CBKC, que é filiada a FCI. O canil Summer Storm cobra R$ 300,00 (trezentos reais) para registrar o filhote na CBKC. Esse valor é um verdadeiro roubo!!!! O VALOR COBRADO PELO CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA – CBKC PARA EMISSÃO DO PEDIGREE É DE R$ 51,95 (CINQUENTA E UM REAIS E NOVENTA E CINCO CENTAVOS). Isso significa que o canil quer fazer o consumidor de otário, ao cobrar quase 6 vezes o valor do documento.

A limitação dos valores em caso de litígio judicial, ao valor do contrato É TOTALMENTE ILEGAL!!! Está na Constituição, todo cidadão tem direito a indenização PROPORCIONAL ao dano. Por exemplo, tratamento para dar qualidade de vida a um animal displásico superam em muito o valor de um contrato. Portanto, essa cláusula é mais uma tentativa de lesar o consumidor.

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

- (…) assegurado o direito a INDENIZAÇÃO PELO DANO MORAL OU MORAL  decorrente de sua violação;

Não existe lei que limite o direito a indenização!!! Trata-se de uma cláusula desnosta, que tem o objetivo de desencorajar o consumidor lesado. Não se intimide com contratos com cláusulas leoninas, todas favoráveis ao criador. Caso sinta-se prejudicado, não tenha duvidas. Procure a Justiça.

Contrato atualizado disponibilizado pelo canil na internet:

Picture 28  Picture 29

Picture 30   Picture 31

Picture 32

0 Comments

Inforum: Canil Tenório (RJ) cobrou, mas não entregou o pedigree do Labrador comprado.

22:54
De: Janaina Fardim (jfardim81@yahoo.com.br)
IP: 201.53.35.201
.

Enganada pelo Canil Tenório – Apenas + 1

Prezados,

Adquiri no Canil Tenório em Teresópolis um filhote de labrador de 2 meses, no dia 08/08/09 e paguei R$ 100,00 pelo pedigree, até hoje não enviado.
Meu namorado ligou diversas vezes para os números informados no contrato de compra e venda, sem conseguir falar com nenhuma das duas proprietárias, Sras. Denise e Raquel, conseguindo apenas falar com uma senhora, que pedia para ligar para o pet shop, mas elas nunca estavam. Deixavámos os nossos telefones mas elas nunca retornaram. Até que um dia, depois de muita insistência, ele conseguiu falar com uma das donas e informou o nome de nosso cachorro para que fosse registrado e deu os dados para envio do pedigree. Passadas algumas semanas, tentei eu mesma falar com a Denise ou Raquel, consegui falar com a Denise que me informou que já havia registrado o nosso cachorro mas como me disse o nome, estava errado. E olha que soletramos o nome de nosso cachorro e mesmo assim, foi registrado com o nome errado e ela me disse que não havia o fazer, que o Kennel não aceitava alterações. Bem, ainda assim, até hoje NÃO RECEBI O PEDIGREE. Tento ligar para os números, mas ou dá caixa postal ou ninguém atende, já passei e-mail e nada de resposta.

Agora meu próximo passo será visita-los no próprio canil, porque eu odeio sacanagem com a minha cara! Eu vou mostrar para quem estiver naquela feirinha que tipo de gente trabalha nesse canil, aqueles que não estão nem aí, que depois que recebem o dinheiro, cag… pra você! E caso essas Sras. não me providenciem o documento na hora, vão ganhar um belo de um processo nas costas!

Fonte: https://inforum.insite.com.br/canil-de-teresopolis/9995805.html

0 Comments

Site Reclamão: Canil Villa Reis (PE) recebeu sinal e não entregou os filhotes vendidos.

Picture 35Consumidor: Total falta de atenção com o cliente. NÃO RECOMENDO A COMPRA. Desde o dia 5/11 tento pegar um casal de labrador, tendo adiantado R$ 600,00 e ainda não consegui, dizem que vão retornar e não retornam. Quem quiser saber o teor da conversa tenho tudo no whatsapp, mando print, basta me add: XXX XXXXXXXXX. NÃO RECOMENDO.

.

Fonte: https://www.reclamao.com/reclamacao-contra-canil-villa-reis/980164/fato-ocorrido/

0 Comments

Agropet (RJ) foi condenado na Justiça por vender filhotes doentes (parvovirose).

O juiz Alexandre Guimarães Gavião Pinto, em exercício no 1º Juizado Especial Cível de Caxias, condenou o Pet Shop Agropet a pagar R$ 2 mil por danos morais e R$ 459,40 por danos materiais a Rodolfo Feliz Ventura Lopes. Ele presenteou a namorada com dois filhotes da raça labrador que morreram quinze dias após a compra, infectados pela doença conhecida como Parvirose.

 Segundo o juiz, mesmo tratando-se de fato imprevisível e até desconhecido do Pet Shop, vigora o dever de indenizar, já que a comercialização de animais e os riscos do empreendimento fazem parte das atividades da empresa. Para ele, a Agropet, como empresa do ramo, deveria ter submetido os cães à avaliação prévia de veterinários gabaritados antes de vendê-los. “Releva notar que a relação entre as partes é de consumo, logo a responsabilidade do fornecedor é objetiva”, destacou.

Rodolfo gastou R$ 249,40 com a compra dos animais e de um pacote de ração, e teve despesas com o tratamento da doença, conforme comprovado nos autos, motivos pelos quais foi concedida a indenização por dano material.

Fonte: Site do TJ-RJ

0 Comments

Canil Summer Storm (SP) tem má avaliação do site Mercado Livre.

LABRADOR-PRETO-AMARELO-CHOCOLATE

O canil Summer Storm (SP), de propriedade dos criadores Renata Boragini Rodrigues e Roberto Rodrigues Junior, foi mal avaliado pelo sistema do site Mercado Livre, maior portal de comércio eletrônico do país. No perfil do canil na referida plataforma consta que sua reputação de vendedor está classificada na cor laranja, seguido de uma explicação do significado da respectiva cor. O site aponta esta avaliação com os seguintes dizeres na sequência: “Este vendedor não tem boa reputacão no site“. Tal classificação serve de parâmetro para os compradores do site efetuarem seus negócios.
.

Picture 26

Fonte: Site Mercado Livre

http://perfil.mercadolivre.com.br/SUMMERSTORM

0 Comments

Kymavosong's Blog |
Jacksonhartvig9 |
CFTC Pole Emploi Pays de La... |
Unblog.fr | Créer un blog | Annuaire | Signaler un abus | Caput Viridiae
| Amacchihistgeo
| Chouxxfleur