Artigos

Canil Summer Storm (SP) gerou cadela afetada/doente por PRA (14º caso).

LABRADOR-PRETO-AMARELO-CHOCOLATE

 O Canil Summer Storm, localizado em São Bernardo do Campo (SP), de propriedade Roberto Rodrigues Jr. e Renata Rodrigues, gerou uma cadela afetada (doente) por PRA (Atrofia Progressiva da Retina), fruto do cruzamento entre o padreador Br Summer Storm BQ TY, com a matriz BR Summer Storm CH Clara. Vale lembrar que pelo menos 25% dos filhotes dessa ninhada nasceu doente e ficará cega, já que a enfermidade genética se caracteriza por deixar o animal cego. Mais vítimas de criadores irresponsáveis foram geradas.

Pedigree No site do canil somente há informações sobre o padreador. A mãe é uma matriz fantasma, sem qualquer registro no site. Por sinal, consta que os exames de olhos do padreador são “saudáveis”, uma vez que consta a informação do site é de que os exames de olho são clear.

ty

A doença foi diagnosticada pelo Labroratório de Diagnóstico Molecular Veterinário – LDMVET, conforme laudo que segue abaixo:

pra2

Esse caso serve de lição para quem busca comprar filhotes em canis, ditos, “reputáveis”. A maioria não passa de propaganda enganosa!!! São vendedores obcecados pelo seu dinheiro. Vejamos o relato do proprietário e o sofrimento da cadela gerada irresponsavelmente pelo canil Summer Storm:

Adquiri um labrador do canil Summer Storm em 2011. Escolhi o canil com base no ranking CBCK onde o mesmo era o melhor criador da raça a muitos anos. Não tive problemas de saúde com o animal até que no ano passado percebi que o animal estava tendo perda de visão. Tentamos há duas semanas fazer o exame de eletroretinografia mas sem sucesso pois o animal não deixou colocar as agulhas mesmo estando sedado. Possivelmente fazer nova tentativa com sedação mais forte. Porém este exame é apenas para dar 100% de certeza que o animal está afetado por PRA.”

 ”Escolhi tanto a questão do canil visando a displasia a acabo sendo pego pelo PRA…”

(proprietário da cadela Summer Storm)

 O proprietário usou o critério errado para escolha do filhote. Utilizou a auto propaganda que o canil faz de si próprio, que por sinal não vale nada. Ninguém faz publicidade de seus defeitos. Peça exames. Todos. Ortopédicos e principalmente genéticos. Entenda os exames.

O relato da tentativa do exame de eletroretinografia é extremamente drámatico. Por culpa de um criador irresponsável a cadela foi submetida a tentativa de se colocar agulhas em seu olho para fazer um exame desnecessário, uma vez que a doença pode ser diagnosticada por exame genético de sangue.

Todo esse trauma do exame e o sofrimento da perda da visão seria evitado se o canil Summer Storm realizasse cruzamentos de forma responsável.

Ainda, o Sr. Roberto Rodrigues Junior efetuou o registro irregular da cadela e a vendeu como se a mesma pudesse ter pedigree!!! Pelos regulamentos do FCI e da CBKC a cadela jamais poderia ter pedigree. Ela é uma labradora, mas deveria ser uma “PET” SEM PEDIGREE. Vendeu gato por lebre.

Isso porque a cadela é AFETADA/DOENTE por atrofia progressiva da retina – PRA (a cadela ficará cega), que é considerada uma falta desqualificante de acordo com a FEDERATION CYNOLOGIQUE INTERNATIONALE – FCI:

INTERNATIONAL BREEDING RULES OF THE F.C.I.:

1. O Regulamento Internacional de Criação da Federação Internacional de Cinofilia (FCI) vincula todos os países membros e parceiros contratuais.

Cães com faltas desqualificantes, como por exemplo: temperamento doentio, surdez congênita ou cegueira, lebre labial, fenda palatina, defeitos dentários substanciais ou anomalias da mandíbula, PRA, epilepsia, criptorquidia, monorquidia, albinismo, cores de pelo indesejadas, diagnóstico de displasia coxofemural grave, NÃO DEVEM SER REPRODUZIDOS (PROIBIÇÃO).

 Cães com faltas desqualificantes não podem ter pedigree segundo o Código de Ética e Disciplina da CBKC:

Art. 11 – São deveres do Criador de Cães:

II – não proceder ao registro de qualquer animal portador de tara, atipia flagrante ou falta desqualificante;

Vale lembrar que: prestar informações falsas de um produto, como por exemplo que o padreador tem exames de olhos “clear”, ou vender produto com qualidade diferente da ofertada, como por exemplo vender cão que foi registrado de maneira irregular na CBKC, pode configurar crime de estelionato de acordo com o Código Penal:

Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:

Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.

E antes de começar o chorôrô, lenga lenga, ladainha, conversinha pra boi dormir, enrolação de criadores, a legislação brasileira é bem clara quanto a responsabildade pelas doenças genéticas:

Código de Defesa do Consumidor:

Art. 12. O fabricante, O PRODUTOR, o construtor, nacional ou estrangeiro, e o importador RESPONDEM, INDEPENDENTEMENTE DA EXISTÊNCIA DE CULPA, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos decorrentes de projeto, fabricação, construção, montagem, fórmulas, manipulação, apresentação ou acondicionamento de seus produtos, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua utilização e riscos.

DECRETO-LEI Nº 4.657/42

Art. 3º. Ninguém se excusa de cumprir a lei, alegando que não a conhece.

 Isso significa que NINGUÉM PODE ALEGAR DESCONHECIMENTO DA LEI e que O CRIADOR É INTEGRALMENTE RESPONSÀVEL PELAS DOENÇAS GENÈTICAS DOS CÃES PRODUZIDOS PELOS SEU CANIL, SEJA A QUE TEMPO FOR DESCOBERTA!!!

 Cruzamento irresponsável de cães de BAIXA QUALIDADE GENÉTICA, geração de cães doentes, registro na CBKC irregular, e pior, o sofrimento causado para o resto da vida da cadela, TUDO responsabilidade do canil Summer Storm e seus donos Roberto Rodrigues Junior e Renata Boragini Rodrigues.

Tags: , , , , , , , , , , ,

No comments yet.

Add your response

Kymavosong's Blog |
Jacksonhartvig9 |
CFTC Pole Emploi Pays de La... |
Unblog.fr | Créer un blog | Annuaire | Signaler un abus | Caput Viridiae
| Amacchihistgeo
| Chouxxfleur